Publicidade

Accelo, Atego e Sprinter são destaques no Prêmio Maior Valor de Revenda

Mercedes-Benz/Divulgação
Pelo segundo ano consecutivo, o Accelo 1016 da Mercedes-Benz é o caminhão com o menor índice de depreciação no mercado brasileiro entre todas as marcas e modelos avaliados. Conforme estudo da Agência Autoinforme, depois de três anos de uso, ele teve uma depreciação de apenas 12,8%. Com isso, conquistou o selo de “Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais” na classificação geral e também na sua categoria, a de “leves”.

Conforme resultado anunciado hoje, pela Autoinforme, além dos dois selos do Accelo 1016, a Mercedes-Benz obteve vitória em mais três categorias: o Atego 2430 6x2, com 14,7% de depreciação após três anos, é o primeiro em “caminhão semipesado”. Já a Linha Sprinter permanece invicta em todas as seis edições da premiação de veículos comerciais, destacando-se novamente em “caminhão semileve” com a Sprinter 415 (-17,4%) e ainda em “minibus” com a Van Sprinter (-9,5%).

Com esse expressivo desempenho, a Mercedes-Benz conquista, mais uma vez, o maior número de modelos certificados pela Autoinforme em relação aos concorrentes. A marca soma agora mais de 25 selos em todas as seis edições do “Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais”.

“É um orgulho conquistar um reconhecimento tão importante num mercado bastante competitivo como o de veículos comerciais”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “O valor de revenda é um diferencial dos produtos da nossa marca que ganha relevância no mercado de usados e seminovos, que é hoje de 3 a 4 vezes maior que o de novos. Com essa premiação da Autoinforme, o cliente mostra que leva esse fator em conta quando escolhe um Accelo, um Atego ou uma Sprinter, sabendo que seu investimento será bem aplicado”.

Segundo o executivo, os caminhões Mercedes-Benz são reconhecidos pelo valor de revenda porque efetivamente a marca entrega aquilo que promete ao cliente. “Quem compra um caminhão do nosso portfólio, seja um Accelo, Atego, Axor ou Novo Actros, sabe que obterá um excelente produto em qualidade, força, desempenho, robustez, durabilidade, conforto, tecnologia e segurança. Além disso, nossos caminhões asseguram economia no consumo de combustível e baixo custo operacional para o frotista e o autônomo, daí o ótimo valor de revenda e a facilidade para revender”.

Roberto Leoncini destaca ainda que a Mercedes-Benz oferece soluções em peças e serviços para os clientes de caminhões novos, como também de seminovos e usados. “Temos três linhas de peças de reposição – genuínas, remanufaturadas RENOV e peças e acessórios Alliance Truck Parts – com amplas opções de escolha para os clientes e planos de manutenção para cada perfil de frotista”, afirma. “E mais: nossa unidade de seminovos SelecTrucks, com 11 lojas, realiza negócios com usados de clientes, facilitando a aquisição de um zero km ou de um seminovo do estoque”.

A ampla linha de caminhões da marca e o portfólio abrangente de peças e serviços estão disponíveis aos clientes pela maior rede de concessionários do segmento, com 185 pontos de atendimento em todos os estados do País. Além disso, os clientes têm a opção de fazer negócios com a marca por meio do Showroom Virtual Star Online, que leva o concessionário para dentro da casa do cliente, que pode fazer consultas e aquisições pelo computador, tablet ou smartphone, de forma simples, rápida e segura.

“O maior valor de revenda dos nossos caminhões logicamente deve-se também à confiabilidade na nossa marca”, diz Roberto Leoncini. “Somos os primeiros fabricantes do Brasil, um terço da frota circulante é Mercedes-Benz e somos Top of Mind em caminhões no mercado brasileiro. Quem vê a estrela de três pontas na grade frontal sabe que pode investir porque terá qualidade e rentabilidade em sua atividade de transporte e um excelente valor de revenda, para quando precisar renovar sua frota”.


Sprinter é amplamente reconhecida pelo menor índice de depreciação
Desde que a Autoinforme passou a realizar a avaliação Maior Valor de Revenda para veículos comerciais, há seis anos, a Linha Sprinter sempre foi vencedora nas categorias “caminhão semileve” e “minibus”, desta vez com a Sprinter 415 e a Sprinter Van, respectivamente.

“O baixo custo operacional e o menor índice de depreciação dos veículos Sprinter são amplamente reconhecidos e valorizados pelo mercado” afirma Jefferson Ferrarez, presidente e CEO Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil. “Além disso, o alto padrão de qualidade, desempenho, tecnologia, segurança e conforto otimizam o excelente custo/benefício, tornando nossos produtos cada vez mais rentáveis para os clientes”.

O executivo ressalta que o Maior Valor de Revenda da Sprinter, assim como acontece em caminhões, também se apoia em diferenciais como o valor da marca, a experiência de 26 anos no segmento de comerciais leves no Brasil, o atendimento especializado da Rede Van Center e da Rede de Concessionários como um todo e os negócios virtuais disponibilizados pela plataforma Star Online. “Com esses serviços e o nosso portfólio Sprinter, a maior linha de veículos comerciais leves, com 98 configurações, temos soluções para cada demanda dos nossos clientes, sejam as empresas de transporte, os autônomos ou os empreendedores. Para todos eles, o valor de revenda é essencial na hora da troca por um zero km e também nesse aspecto a Sprinter é destaque no mercado”, conclui Jefferson Ferrarez.  

Selo comprova o melhor valor de revenda após três anos de uso
Desde 2015, o selo “Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais”, tem como objetivo classificar o índice de depreciação de veículos em 11 categorias, auxiliando distribuidores de veículos, fabricantes e administradores de frotas, além de bancos, financeiras e seguradoras, por ocasião da compra, venda ou avaliação de qualquer caminhão ou utilitário oferecido no País.

A premiação baseia-se em números e informações efetivas do mercado tornando-a extremamente criteriosa e, consequentemente, próxima da realidade do segmento de veículos comerciais. Esse reconhecimento dá maior segurança e confiabilidade na hora da escolha do veículo adequado para cada demanda do transportador.

Na premiação deste ano, foram analisados os preços de produtos novos em setembro de 2017, comparando-os com os preços praticados em agosto de 2020.

FONTE: Mercedes-Benz

Postar um comentário

0 Comentários