Publicidade

Black Friday e movimento de final de ano aquecem o setor de transportes

4TRUCK/Divulgação
Com a chegada da Black Friday, data comercial que já se tornou a segunda mais forte do País - perdendo apenas para o Natal, e o notório crescimento do e-commerce, que vem batendo recordes durante a pandemia, o movimento de entregas nas empresas de transporte e logística aumentou expressivamente. 

A partir do aumento das vendas surge também a alta na demanda de entrega dos produtos. A 4TRUCK, uma das principais fabricantes de implementos rodoviários do Brasil, viu suas vendas crescerem significativamente. Cerca de 30% do volume de produção da empresa nos meses de outubro e novembro está relacionado, especificamente, a pedidos gerados para atender à Black Friday.
 
Osmar Oliveira, CEO da 4TRUCK, explica que, “por conta da Black Friday e das festas de final de ano, a aquisição de implementos rodoviários, como baús ou carrocerias para caminhões, disparou nestes últimos meses. Principalmente em razão da pandemia e da alta nas compras on-line, as entregas dos produtos ganharam uma importância ainda maior no mercado nacional. Para atender a esta demanda, as empresas precisam colocar toda a frota em atividade”, avalia. 


Por conta da atual falta de caminhões e camionetes nas concessionárias, resultado da paralização ou diminuição da produção durante os meses mais agudos de pandemia, muitos clientes estão optando pela compra de veículos usados, gerando aquecimento também deste setor. Outra alternativa é a customização da própria frota disponível para o atendimento da demanda pontual, com aumento ou diminuição da caixa de carga, revestimento interno, revisão da parte elétrica, etc. “Vale tudo pra não perder o boom deste momento especial”, diz Oliveira.

Maior volume de 2020
O aumento no volume de mercadorias deve refletir diretamente no crescimento do setor em 2020. Dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) apontam que a venda de caminhões novos cresceu 7,76% em outubro por conta do aumento da confiança dos empresários do ramo de transportes, é o maior volume registrado em 2020. Ainda segundo o instituição, o mercado de implementos rodoviários deve fechar o ano com alta de 2,9%. 

FONTE: 4TRUCK

Postar um comentário

0 Comentários