Marcopolo exporta primeiro ônibus Paradiso New G7 1600 LD para Gana

DC Multimídia/Marcopolo
Agora em setembro, a Marcopolo fará a entrega do primeiro ônibus Paradiso New G7 1600 LD para Gana. O veículo foi adquirido pelo governo daquele país e será utilizado no transporte de membros do parlamento, na capital Accra. Entre os diferenciais do veículo estão as soluções Marcopolo BioSafe, com sanitário com luz ultravioleta UV-C para desinfecção e dispensers de álcool em gel na escada de entrada e junto ao sanitário.

“Este fornecimento é importante por se tratar da primeira exportação deste modelo para Gana, por ser mais uma veículo equipado com as soluções BioSafe e também porque demonstra a forte presença da marca no continente africano. Mesmo com a pandemia, as vendas se mantêm aquecidas e estão colaborando para os níveis de produção nas fábricas brasileiras”, destaca Ricardo Portolan, gerente executivo de Negócios Internacionais da Marcopolo.


O Paradiso New G7 1600 LD fornecido ao Parliament of Ghana possui chassi Scania K 360B 6X2, com 14.000mm de comprimento, capacidade para transportar 46 passageiros em poltronas semileito 1060 com tomada USB, parede separação total, sistema de áudio e vídeo com instalação de DVD e monitor, bagageiro, porta-copos, porta-pacotes, cortinas e itinerário eletrônico. Concebido para proporcionar a melhor experiência de viagem para o passageiro, com maior conforto, segurança e elevado padrão de sofisticação, é equipado ainda com cozinha completa, forno aquecedor de alimentos, máquina de café e geladeira de 55 litros, sistema de ar-condicionado Valeo CC355, internet sem fio e microfone para o motorista.

No continente africano, a Marcopolo é reconhecida pelos avanços tecnológicos e aprimoramento requintado, como as poltronas Semileito que proporcionam ainda mais conforto e ergonomia aos passageiros, com a utilização de espumas especiais (viscoelástico) na região da cabeça e do pescoço, além de apoios de braço mais largos e macios.
DC Multimídia/Marcopolo
FONTE: Marcopolo

Postar um comentário

0 Comentários