Grupo RISA adquire 50 tritrens basculantes Librelato

Librelato/Divulgação
O Grupo Risa, gigante do agronegócio brasileiro, especializada na produção e fornecimento de grãos, fertilizantes, defensivos, máquinas agrícolas e prestação de serviços de armazenagem e transporte de grãos, acaba de fechar a aquisição de 50 conjuntos de tritrens basculantes Librelato da 4ª geração.

Com entregas previstas para ocorrerem entre setembro e dezembro deste ano, os conjuntos que foram customizados conforme a logística operacional da Risa, serão empregados no transporte de grãos, adubos, calcário e fertilizantes, integrando assim as unidades produtivas e as operações portuárias da empresa. A previsão inicial é de que os novos implementos percorram de 5 a 6 mil quilômetros por mês, principalmente no estado do Maranhão.

“O agronegócio brasileiro alimenta o mundo. Em tempos de pandemia, mais do que nunca, o agro tem papel fundamental na recuperação da economia, e neste ano as exportações estão batendo recordes. Este grande negócio com a Risa é a resposta positiva de que o setor está crescendo de forma sustentável e comprova também que os empresários buscam equipamentos que ofereçam maior segurança e produtividade para os seus negócios. Neste sentido o Tritrem Basculante de 4ª Geração da Librelato é protagonista na geração de valor”, afirma o diretor comercial da Librelato, Rafael Bett.

Além deste expressivo lote de 50 conjuntos, que totaliza 150 pinos, a Librelato já forneceu outros 925 pinos para a Risa, entre eles: Semirreboques Basculantes, Rodotrens Graneleiros, Carrega Tudo, Bitrenzões Tanques e Tritrens Basculantes.


Vantagens operacionais
De acordo com a Librelato, os tritrens basculantes garantem os seguintes benefícios: Basculamento lateral em todas as composições; versatilidade nos produtos transportados; rapidez de carregamento e descarregamento; ótima Estabilidade; menor raio de giro (dirigibilidade); e menor arraste, evitando desgaste excessivo de pneus.

Além dessas vantagens operacionais, os Tritrens de 4ª Geração são ainda mais leves e resistentes que a geração anterior.
Librelato/Divulgação
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

1 Comentários

  1. caramba , to por fora do sistema mesmo . nem sabia que tritrens haviam sido liberados ....

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.