DNIT entrega mais 37 quilômetros restaurados da BR-080/GO

DNIT/Divulgação
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu os últimos 37,10 quilômetros das obras de restauração e de manutenção da BR-080/GO, no Estado de Goiás. Nesse sentido, a Autarquia finalizou 100% dos serviços em todo o segmento, que conta com 45,10 quilômetros de extensão. No último mês de maio, o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ao lado do diretor-geral do DNIT, general Santos Filho, fez a entrega dos outros 8 quilômetros.

Dessa forma, com a conclusão das obras no chamado segmento 1, a Autarquia entrega agora à população 181,30 quilômetros totalmente restaurados.

O DNIT dividiu a BR-080/GO em dois segmentos para a realização das obras. O segmento 1, da Divisa do Distrito Federal com o Estado de Goiás até o município de Padre Bernardo (km 0,00 ao km 45,10), necessitou de adequação da plataforma para implantação de acostamentos, prolongamento de bueiros e melhorias (duplicação) nas travessias urbanas, dentre outros serviços.

Já o segmento 2, concluído no ano passado, vai do município de Padre Bernardo até o entroncamento da BR-153/GO, em Uruaçu (km 45,10 ao km 181,30). No trecho foram realizados os serviços de reciclagem da base, fresagem, aplicação de manta geotêxtil, de micro revestimento, aplicação de Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ) na faixa B e faixa C, além da sinalização horizontal.

O conjunto de obras e serviços realizados pelo DNIT ao longo da rodovia federal contaram com um investimento total de R$ 172.004.704,71.


Importância 
A BR-080/GO parte de Brasília e permite o acesso às regiões Norte e Nordeste do país. Futuramente proporcionará a ligação direta entre Goiás e Mato Grosso, favorecendo, assim, a integração nacional.

Devido ao desenvolvimento do agronegócio da região, o potencial turístico e a necessidade de deslocamento dos moradores entre as cidades do entorno ao Distrito Federal, a capacidade da rodovia, que era a mesma desde a sua implantação, ficou incompatível com o volume médio diário de veículos. Com isso, o índice de acidentes no segmento aumentou e a rodovia foi considerada perigosa pela população, aumentando o apelo por melhorias junto ao DNIT.

Além de transformar a realidade da rodovia e favorecer o desenvolvimento do país, as obras proporcionam maior segurança e conforto aos usuários, com a redução do tempo das viagens e do índice de acidentes.
DNIT/Divulgação
FONTE: DNIT

Postar um comentário

0 Comentários