Mercedes-Benz e Irizar enviam ônibus rodoviários O 500 para clientes no Equador

Mercedes-Benz/Divulgação
Até o mês de agosto, dois modelos de ônibus rodoviários da linha O 500 da Mercedes-Benz serão enviados para demonstração no mercado equatoriano, reforçando a presença da marca no transporte de passageiros naquele país. Os veículos O 500 RS e O 500 RSD 6x2 receberam todos os itens tecnológicos de segurança disponíveis no portfólio atual e contam com carrocerias Irizar i6 e i6S, respectivamente. O objetivo é lançar os produtos e apresentar para clientes de todo o país.

“Com muita satisfação, seguimos com esse trabalho de mostrar para os nossos clientes do Equador, todo o conforto, segurança e baixo custo operacional dos ônibus Mercedes-Benz”, afirma Mauricio Yamamoto, Managing Director Bus Regional Center Daimler Latina. “Junto à encarroçadora Irizar, estamos realizando um trabalho que visa aprimorar a segurança dos passageiros, além de atingir um feito inédito no país: o O 500 RSD será o primeiro ônibus 6x2 da marca a ser vendido no Equador.

O chassi O 500 RSD 6x2 traz em sua composição ACC (Piloto Automático Adaptativo), ASR (Controle de Tração), EBS (Freio Eletrônico), AEBS (Freio Automático de Segurança), ESP (Controle de Estabilidade), LDWS (Sistema de Leitor de Faixa), 3° Eixo ERA Dirigível, 2° eixo traseiro de 12,5 ton, além de suspensão pneumática reforçada para Double Decker.


Já o chassi O 500 RS vem com o ASR (Controle de Tração), EBS (Freio Eletrônico), Hill Holder (Assistente de Freio de Rampa), ESP (Controle de Estabilidade), suspensão pneumática, eixo traseiro HO 6 de 12,5 ton, além de apresentar mais potência e torque, com 420 cv e 1900 Nm.

“Importante ressaltar também que ambos modelos contam com preparação para gestão de frotas e tacógrafo digital com impressão de dados”, ressalta Maurício. “Essas ferramentas são de grande importância para que os clientes consigam acompanhar a operação de seus ônibus em tempo real e também, com base nas informações coletadas, agendar manutenções preventivas, avaliar o desempenho dos motoristas e as informações de consumo, ou seja, ter um raio x completo da operação. Além da possibilidade do tacógrafo permitir armazenar todos os dados coletados na nuvem, evitando um acúmulo de discos de tacógrafo para o operador, e contribuindo ainda mais com a preservação do meio ambiente”.

Para o executivo, este será mais um excelente resultado da parceria com a Irizar, que é tão preocupada com o bem-estar e a segurança dos passageiros quanto a Mercedes-Benz. “Nosso trabalho é sempre pensando no passageiro. Ainda mais pela América Latina, onde os ônibus rodoviários passam por regiões montanhosas e em elevadas altitudes e que precisam ser muitos seguros”, conclui Maurício.
Mercedes-Benz/Divulgação
FONTE: Mercedes-Benz

Postar um comentário

0 Comentários