Chile recebe 150 novos ônibus elétricos BYD

BYD/Divulgação
O Chile recebeu no dia 27 de junho, 150 novos ônibus elétricos BYD como parte do programa de eletrificação do transporte público. Os ônibus são operados pela concessionária de transporte público Metbus, que atualmente possui a maior frota de ônibus elétricos das Américas. Os veículos vão rodar pela Avenida Alameda, principal rua do centro histórico da capital chilena. Sendo assim, a BYD passa a ter 455 ônibus em operação no Chile. A empresa se mantém líder no mercado de ônibus elétricos do País, com uma participação de 65%.

Os 150 novos veículos BYD incrementam a frota de ônibus padrão RED, que nos próximos meses totalizarão 2.219 veículos de alto padrão e ecológicos, incluindo ônibus 100% elétricos e Euro VI diesel, com ar condicionado, conexão Wi-Fi e carregadores USB, entre outros benefícios. A expectativa é que a  frota de ônibus elétricos de Santiago chegue a quase 800 unidades até o final deste ano.

RED Mobility foi o padrão implementado pelo Ministério dos Transportes do Chile no final de 2018. Desde então, o Governo busca estabelecer um novo nível de qualidade para o transporte urbano. O programa começou com o lançamento dos primeiros 100 ônibus BYD no Chile e tem como objetivo a eletrificação total do transporte público até 2040.

A renovação da frota vai permitir cobrir a rota de ônibus mais importante de Santiago e, também proporcionar uma mudança de operador, uma vez que os novos ônibus BYD operados pela Metbus substituem 20% da frota do operador colombiano Express, que não obteve seu contrato renovado para operação nesta parte da cidade.


Diante do protagonismo da empresa, em abril de 2019, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, fez uma visita à sede global da BYD em Shenzhen como parte de uma visita de Estado à China, enfatizando as “oportunidades ilimitadas” de cooperação futura entre seu país e a BYD.  Desde o ano passado, o aumento gradual na circulação de ônibus de alto padrão na Grande Santiago melhorou a qualidade do serviço, assim como a satisfação dos usuários do sistema de transporte público da cidade. “Continuaremos a incorporar mais mudanças nessa direção nas próximas licitações e, também ampliar a rede para outras cidades”, destacou a ministra dos Transportes e Telecomunicações, Gloria Hutt.

“Esta nova frota de 150 ônibus elétricos da BYD trará aos cidadãos mais viagens de qualidade, melhorando a qualidade do ar de Santiago”, disse Tamara Berríos, gerente nacional da BYD Chile. “O projeto Alameda é de grande importância devido à sua visibilidade a partir da transformação da Avenida central da capital. Estamos convencidos de que é necessário continuar promovendo a transformação do transporte público por meio da eletromobilidade, e a BYD continuará avançando neste sentido. ”

Atualmente, os ônibus elétricos da BYD estão atendendo com sucesso mercados em muitos países da América Latina, incluindo Chile, Colômbia, Argentina, Brasil, Equador e Uruguai. Globalmente, os ônibus e táxis elétricos da BYD se espalharam por mais de 300 cidades, em mais de 50 países e regiões.
FONTE: BYD

Postar um comentário

0 Comentários