header ads


Inmetro divulga nota com esclarecimentos sobre tacógrafos

Cerca de 15 dias após uma demissão em massa da diretoria, determinada pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou na última quinta-feira, 5 de março, uma nota oficial com esclarecimentos sobre os cronotacógrafos.


“Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora. Por quê? Há poucos meses assinaram portaria para trocar tacógrafos. Em vez de ser o normal que está aí, inventaram um digital. Ele é aferido de dois em dois anos. Passaram para um. Mandei acabar com isso aí”, declarou o presidente. 

Em nota, o Inmetro destacou que não há previsão de curto e médio prazo de implementar a tecnologia do cronotacógrafo digital ou adotar o disco diagrama digital e nem de reduzir a periodicidade de verificação dos cronotacógrafos atualmente em 2 anos.


Pelas redes sociais, Bolsonaro destacou a nota divulgada pelo Inmetro e reforçou o trabalho da nova diretoria do órgão, que agora tem como presidente o coronel do Exército Marcos Heleno Guerson de Oliveira Júnior. 

"O INMETRO tem novo Presidente e Diretores. Novos tacógrafos, taxímetros e chips, etc. que acarretariam custos para o consumidor, foram deixados para trás.", disse Bolsonaro. "Agora é o cidadão em primeiro lugar. Nada será criado para botar na conta do cidadão".

Confira na íntegra a nota do Inmetro: CLIQUE AQUI

TEXTO:
Lucas Duarte

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Minha duvida é em quanto se resolve essa questão dos tacógrafos os serviços tão suspensos ou não eu tenho que fazer a renovação do meu certificado como fica tenho que fazer ou não ?

    ResponderExcluir
  2. Com certeza amigo, não mudou nada ainda tem que pegar a guia e pagar antes, depois de 24horas ai pode fazer a aferição. OK

    ResponderExcluir
  3. Não deveria vir de fábrica o TACÓGRAFO digital?
    Já que todo veículo de carga e passageiros são obrigados.
    Todo aumento e adição tem que comprovar benefício ao povo, pro povo, em benefício do povo.
    Tirar dinheiro e desvalorização do salário de trabalhador, isso tem de ser invertido; valorizar e potencializar o salário mínimo do trabalhador e não o contrário.

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.