Volvo Caminhões anuncia investimento de R$ 1 bilhão no Brasil

Volvo/Divulgação
Ciente da importância do mercado brasileiro e confiante na recuperação econômica do país, o Grupo Volvo anunciou na última semana uma nova rodada significativa de investimentos no Brasil. 

De acordo com o grupo sueco, entre 2020 e 2023 serão investidos mais de R$ 1 bilhão em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços, além de melhoria de processos industriais e de gestão.

“O Brasil continua sendo muito importante para a Volvo. A recuperação gradativa da economia foi decisiva para o aumento das entregas e a retomada da liderança no segmento de caminhões pesados. O crescimento de 58% em 2019 nos dá a confiança para um novo ciclo de investimento para os próximos anos”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.

Ainda segundo a marca, o investimento expressivo englobará todos os negócios da Volvo no Brasil: caminhões pesados e semipesados, ônibus urbanos e rodoviários, equipamentos de construção, motores marítimos e industriais e serviços financeiros.


Caminhões
Em 2019, o Brasil se tornou novamente o segundo maior mercado de caminhões Volvo no mundo. Somente no último ano a marca sueca comercializou 14.505 caminhões em todo o país, número que garantiu um crescimento de 58% em relação a 2018.

Além do crescimento expressivo, a marca liderou de forma incontestável o segmento de caminhões pesados. Destaque para o FH 540m o caminhão mais vendido entre todas as classes no Brasil (7.135 unidades emplacadas) e também na América Latina (7.271 unidades).

“Fechamos a década como líderes em caminhões pesados”, comemora Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões da Volvo, ao se referir aos resultados do período 2010/2019. Nesse intervalo, a Volvo liderou o mercado de pesados por sete vezes.

A Volvo ainda teve bons resultados nos demais países da América Latina. Mesmo com o mercado em queda na Argentina (1.179 caminhões), a marca ganhou market share (+5%) naquele país. A empresa também teve bom desempenho no Peru (1.292 caminhões), onde há vários anos é líder absoluta em pesados, e também no Chile (1.182 caminhões). Na soma de todos os países da América Latina a Volvo entregou 20.665 veículos, com o Brasil representando 82% dos volumes.

TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Volvo
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários