Petrobras anuncia redução de R$ 0,13 no preço do óleo diesel

Após de discussões, polêmicas e incertezas em relação aos aumentos expressivos nos preços dos combustíveis, a Petrobras anunciou nesta sexta-feira, 31 de maio, uma redução significativa no preço do óleo diesel. 
Segundo a companhia, a 0h deste sábado, 1º de junho, o preço do óleo diesel foi reduzido em 6,00% (R$ 0,1383) em todas as refinarias do país, passando de R$ 2,3047 para R$ 2,1664. A informação consta no site da empresa, no qual a petroleira lista os valores praticados em 37 postos de suprimento do mercado nacional, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500.
Em relação ao diesel S500, o mais comum nas estradas, os menores preços são praticados pelas refinarias de Itacoatiara (AM), R$ 2,17; Manaus (AM), R$ 2,20, e Maceió, R$ 2,21. Os maiores preços do diesel S500 estão nas refinarias de Uberaba (MG), R$ 2,40, Brasília, R$ 2,41, e Uberlândia (MG), R$ 2,41.
Esta é a primeira redução promovida pela estatal desde a nova política de preços para o óleo diesel, adotada em 26 de março, que prevê alterações no preço do combustível com intervalos não inferiores a 15 dias. A última alteração de preços promovida pela estatal ocorreu no dia 4 de maio. 
Segundo a Petrobras, o reajuste promovido neste final de semana segue tendo como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo.
“A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos (como volatilidade do câmbio e dos preços)”, explicou a estatal.
Já a decisão de reduzir ou não o preço do óleo diesel nas bombas dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de petróleo, especialmente distribuidoras e postos de combustíveis, já que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados. 

Confira na íntegra a redução da Petrobras: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários