IVECO amplia a linha Tector com os novos modelos de 9 e 11 toneladas

IVECO/Alexandre Lombardi
Atenta as demandas dos caminhoneiros que atuam diariamente no transporte e na distribuição de cargas em grandes centros urbanos do Brasil, a IVECO acaba de ampliar a consagrada linha Tector com os novos modelos de 9 e 11 toneladas, 9-190 e 11-190 respectivamente.

“Os lançamentos nos tornam mais competitivos no segmento dos médios, que representa 20% do mercado de transportes no Brasil, e completam nosso portfólio. Agora, estamos mais fortes dos leves aos pesados”, afirma Marco Borba, vice-presidente da IVECO para a América do Sul.  

Desde a pré-apresentação dos modelos na Fenatran de 2017, a IVECO foi à campo para entender a rotina dos motoristas que dirigem caminhões médios. Segundo Ricardo Barion, diretor de Vendas e Marketing da IVECO para a América do Sul, a pesquisa mostrou que fatores como versatilidade para operar em diferentes operações, e conforto para quem passa muito tempo ao volante, fazem a diferença na escolha de um produto. “Foi assim que nasceram os Tectors 9 e 11 toneladas. O amadurecimento da marca mostra que é preciso ter o produto ideal para o nosso cliente.” 

Além da importante missão de entregar aos transportadores modernidade, performance e economia de combustível os novos IVECO Tector marcam o retorno da montadora italiana para o disputado segmento de veículos médios. 

Melhor powertrain da categoria
Dentre os principais atributos dos novos membros da família Tector está o powertrain, composto pelo premiado motor NEF45 da FPT Industrial, com 190 cavalos de potência e torque de 610 Nm, transmissão Eaton de seis velocidades e eixos Dana. 

Destaque para sexta marcha, onde a IVECO implementou um super ‘overdrive’, ou seja, uma última marcha longa que não compromete o consumo e aumenta a performance do veículo. “O condutor deste tipo de caminhão roda muito, freia, acelera e precisa de um motor que corresponda a essa agilidade no ciclo urbano, e agilidade significa uma resposta mais rápida do veículo. Os Tectors 9 e 11 são perfeitos para o ‘batidão’ dos motoristas que atuam neste segmento”, afirma Barion. 

De acordo com a marca italiana, a configuração de powertrain que é resultado de três anos de trabalho do time de engenharia, garante ao modelo 9-190 uma economia de até 4% no consumo de combustível e de 7% ao modelo 11.190 em relação aos seus principais concorrentes da categoria. 

Baixo custo de manutenção 
Assim como nos demais veículos da marca italiana, os novos modelos IVECO Tector estreiam no Brasil com um dos menores custos de operação do mercado. Destaque para a revisão com preço fixo e o contrato de manutenção mais barato da categoria, na mobilidade Absoluto com prazo de cinco anos de contrato. 


Para quem já possui um veículo IVECO, as soluções e o suporte pós-venda da marca garantem a performance e a durabilidade do transporte. Entre os destaques estão o suporte técnico emergencial 24 horas, as peças genuínas com garantia de um ano, quando adquiridas e instaladas na rede de concessionárias IVECO, e os itens da linha NEXPRO, ideais para manter a performance durante todo o ciclo de vida dos veículos, mesmo os mais antigos e fora do período de garantia.


Cabine best in class
Ciente dos inúmeros desafios que envolvem as operações urbanas, como por exemplo, trânsito intenso, elevado número de embarques e desembarques, locais de carga e descarga estreitos e a necessidade se carregar um elevado número de documentações, a IVECO concentrou grande parte do seus esforços no desenvolvimento de uma cabine que correspondesse 100% ao feedback dos motoristas.

Com o objetivo de se tornar a melhor no segmento de médios, a cabine conta com apenas 40 cm de altura em relação ao solo, um degrau de embarque, portas com ângulo de abertura de 87 graus, altura de 114 cm do assento ao teto, basculamento hidráulico e os maiores retrovisores da categoria.  

“Outro ponto forte da cabine é a visibilidade. Temos o melhor campo de visão da categoria, com o maior para-brisa do segmento, com 1,53 m² e retrovisores desenhados para garantir uma visão ampla das laterais, o que significa mais segurança e facilidade ao conduzir o veículo em manobras, ruas estreitas e docas apertadas”, diz Barion. 

Priorizando o conforto do motorista no dia a dia, a lista de atributos da cabine dos novos modelos Tector é completada pelo volante com regulagem de altura, câmbio localizado no painel, banco com regulagem pneumática e suspensão de cabine composta pelo melhor conceito do segmento: Coxim, mola e amortecedor.

A IVECO ainda reforça a lista de atributos dos novos modelos com uma série de opcionais, como por exemplo, rádio com CD/MP3, climatizador, ar-condicionado, quebra-sol, retrovisores elétricos com aquecimento, vidros e travas elétricas.

Design 
IVECO/Alexandre Lombardi
Os novos IVECO Tector não impressionam apenas pelo elevado número de atributos mecânicos e de conforto, mas também pelo moderno design italiano que garantiu aos modelos linhas extremamente arrojadas e futurísticas. 

Destaca-se a presença dos defletores laterais na grande frontal que, além de otimizar a aerodinâmica do veículo evita com que a sujeira e a água em dias de chuva seja arremessada para cima, em direção aos vidros laterais e as maçanetas, ou seja, todo o fluxo de impurezas e/ou líquidos presentes no ar em que o veículo passar, serão deslocados para baixo após entrarem em contato com os defletores. 

Valores
Segundo a IVECO, os novos Tectors que já estarão disponíveis para aquisição em toda a rede de concessionários nos próximos dias terão valores a partir de R$ 155 mil para o modelo de 9 toneladas e de R$ 165 mil para o modelo de 11 toneladas. 
IVECO/Alexandre Lombardi
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 

Postar um comentário

0 Comentários