Trecho crítico da BR-163/PA recebe pavimentação temporária

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Exército Brasileiro, iniciaram na madrugada desta quinta-feira, 14 de março, a pavimentação temporária de um dos pontos mais críticos da rodovia BR-163/PA, a Serra da Anita, localizada entre os trechos de Novo Progresso e Moraes Almeida.

De acordo com o órgão federal, o serviço emergencial tem como objetivo, garantir a trafegabilidade e o escoamento seguro da safra 2018/2019, bem como evitar novos atoleiros e a formação de filas quilométricas, fato que ocorreram no fim do mês de fevereiro, após um período intenso de chuvas no trecho não pavimentado da rodovia federal.

Além da pavimentação temporária, os trabalhos de manutenção, bem como de produção de material pétreo para reforço de subleito, seguem ocorrendo 24 horas por dia. Equipes do DNIT, do Exército Brasileiro e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também seguem trabalhando 24 horas por dia, na organização do tráfego de caminhões e na realização de serviços básicos de reparação da rodovia. 

Ainda segundo o DNIT, os maiores trabalhos de reparação maiores seguem sendo efetuados das 15h às 17h, bem como das 03h às 07h, nos trechos sem pavimentação da BR-163, no estado do Pará. Já os serviços de pavimentação definitiva serão retomados após o fim do período de chuvas na região. 



Pavimentação total da BR-163 
No início de fevereiro, em viagem pela BR-163, abordo de um caminhão, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas traçou com uma de suas principais metas a conclusão total da pavimentação do trecho entre a divisa do estado do Mato Grosso até Santarém, Pará. A obra está estimada em R$ 2,55 bilhões e com previsão para ser concluída até o fim de 2019.


Privatização da BR-163 
O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou no fim de janeiro que após a conclusão da pavimentação da BR-163 no norte do país, a rodovia federal será concedida a iniciativa privada.


Confira na íntegra o comunicado do DNIT: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários