Tráfego de caminhões na BR-163/PA é retomado de forma parcial

Após cerca de 15 dias de chuvas intensas, atoleiros, filas quilométricas e caos no trecho norte da BR-163 no estado do Pará, o tráfego de caminhões entre o estado do Mato Grosso e os portos de Miritituba e Santarém no Pará foi retomado de forma parcial nesta quarta-feira (6) e quinta-feira (7). 
Previsto para ser restabelecido somente na próxima sexta-feira (8), a liberação antecipada acontece após a redução do volume de chuvas no trecho não pavimentado da rodovia federal e a aceleração dos serviços emergenciais de recuperação do solo que vêm sendo executados pela Operação Radar. 
De acordo com as informações oficiais do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a liberação dos caminhões no sentido sul da BR-163, retornando dos portos de Miritituba/PA, foi antecipada e ocorreu com sucesso a partir da tarde desta quarta-feira, 6 de março. Mais de 1.200 carretas passaram pelo posto de controle e atravessaram os trechos críticos restaurados pelas equipes do Exército Brasileiro e do próprio órgão federal. 
Segundo o Diretor Geral do DNIT, general Santos Filho, “o trabalho andou rápido, com uma resposta mais eficaz do que o planejado, permitindo a tentativa de antecipação”.
Já na manhã desta quinta-feira (7), mais precisamente a partir das 8h, o tráfego dos caminhões que retornam do estado paraense foi encerrado. Equipes da Polícia Rodoviária Federal, DNIT e Exército Brasileiro deram início então ao descolamento dos caminhões que partem do estado de Mato Grosso em direção aos portos no Norte do Pará. 
Vale destacar que o tráfego na BR-163/PA vêm acontecendo de forma gradativa em virtude do número elevado de caminhões que se concentraram na região e da continuidade dos serviços de reparo do solo nos trechos não pavimentados, especialmente nas regiões de serra.
Horários de tráfego 
A partir da liberação, o trânsito de carretas na região ocorrerá alternadamente em sentido único, das 6h às 22h. A operação será mantida por todo o inverno, com o objetivo de evitar novas paralisações. Durante as madrugadas, as equipes do Exército e DNIT realizarão as obras de manutenção e recuperação que forem necessárias.

Ministro da Infraestrutura visita a BR-163
Também nesta quarta-feira (6), o Ministro da Infraestrutura, 
Tarcísio Gomes de Freitas, visitou novamente os trechos críticos da BR-163/PA. Ao longo do dia, o Ministro  vistoriou os trabalhos realizados para recuperação do trecho compreendido entre Moraes Almeida e Novo Progresso e conversou com caminhoneiros parados na região. No final da noite, participou de reuniões de coordenação e avaliação com as equipes do DNIT, Exército e Polícia Rodoviária Federal, que estão atuando 24 horas diárias na operação.
De acordo com o ministro, a conclusão do trabalho de asfaltamento do trecho é prioridade do Ministério e do DNIT para 2019, pela importância da via no escoamento da safra de grãos. Em função disso, as tratativas necessárias junto ao Governo Federal já foram tomadas, garantindo os recursos a serem aplicados. “São 3 milhões de toneladas a mais passando por essa via, somente este ano. Chegamos a ter um fluxo este mês de mais de 3.500 caminhões. Esse trecho é prioridade para nossa equipe”, afirmou.
TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: DNIT 
Caminhões e Carretas 

Postar um comentário

0 Comentários