Ministro da Infraestrutura confirma visita à BR-163/PA nesta quarta-feira

Por meio das redes sociais, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, confirmou na noite desta terça-feira, 5 de março, que visitará pessoalmente o trecho da BR-163 localizado na Serra do Cachimbo, no sudoeste do Pará, nesta quarta-feira, 6 de março. 
De acordo com a publicação oficial do Ministro, a visita tem como principal objetivo vistoriar as condições de trafegabilidade da BR-163 que foram fortemente afetadas pelo excessivo volume de chuvas nos últimos dias. Além disso, Freitas prometeu ainda avaliar o trabalho da Operação Radar no controle do tráfego e no apoio aos caminhoneiros. 
A operação, que teve início no dia 2 de dezembro de 2018 e segue até maio de 2019, traz uma série de medidas, como a instalação de bases operacionais em três trechos da BR (pontos críticos), localizados entre os municípios de Novo Progresso e Moraes Almeida; mobilização de mais de 900 pessoas de equipes do DNIT e do Exército; implantação de sinalização específica para controle do tráfego, e envio de mais de 40 veículos e equipamentos especiais, como picapes, retroescavadeiras, containers, caminhões carroceria, caminhões tanque, tratores agrícolas, motoniveladoras, escavadeiras hidráulicas e cavalos mecânicos com reboque.
Segundo informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), nos últimos dias a Operação Radar vêm concentrando suas ações em serviços emergenciais de recuperação do solo no trechos não pavimentados da rodovia federal. Ainda segundo o órgão federal e o Exército Brasileiro, militares tem concentrado esforços na distribuição de água potável, alimentos e suporte médico para os caminhoneiros que estão parados em filas quilométricas nos trechos de atoleiros. 
Visita anterior à BR-163
No início de fevereiro, em viagem pela BR-163, abordo de um caminhão, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas traçou com uma de suas principais metas a conclusão total da pavimentação do trecho entre a divisa do estado do Mato Grosso até Santarém, Pará. A obra está estimada em R$ 2,55 bilhões e com previsão para ser concluída até o fim de 2019. 
Na ocasião, o Ministro acompanhou os trabalhos da Operação Radar e o intenso fluxo de caminhões que circulam no trecho entre o estado do Mato Grosso e o porto de Miritituba transportando a safra brasileira de grãos 2018/2019. 


Confira na íntegra a publicação do Ministro: 
TEXTO: Lucas Duarte
FOTO: Alberto Ruy/Ascom Infraestrutura

Postar um comentário

0 Comentários