Contran torna obrigatória a instalação de sistema antispray em caminhões e implementos

Ao apagar das luzes de 2018, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou no Diário Oficial da União de 31 de dezembro, a Resolução nº 762 que estabelece uma série de requisitos e torna obrigatória a instalação e uso de sistemas antispray em caminhões e implementos.

A Resolução nº 762 define sistema antispray como, componente destinado a reduzir a pulverização da água projetada para cima pelos pneus de um veículo em movimento e que é composto por um para barro, paralama e saias laterais equipados com um dispositivo antispray (parte do sistema antispray que pode consistir num separador de ar/água e/ou num absorvedor de energia). 

De acordo com a publicação, as novas regras serão exigidas para todos os veículos com Peso Bruto Total (PBT) superior a 7.500 kg. No caso dos implementos (reboques e semirreboques), a instalação de sistemas antispray será obrigatória para qualquer tipo de combinação com comprimento total maior que 19,80 metros, independentemente do Peso Bruto Total Combinado (PBTC). 

Já no caso de caminhões e cavalo-mecânicos com Peso Bruto Total (PBT) superior a 7.500 kg a instalação será opcional. Entretanto, mesmo que instalados opcionalmente, os dispositivos antispray deverão cumprir os requisitos definidos pela Resolução nº 762. 


Estão dispensados de cumprir as exigências da resolução os veículos fora de estrada, de salvamento e combate a incêndios, de uso bélico, do tipo chassi-plataforma, reboques e semirreboques especiais utilizados no transporte de cargas indivisíveis e os veículos cuja presença do sistema antispray seja incompatível com sua utilização, a serem definidos em Portaria do órgão máximo executivo de trânsito da União. 

Ainda segundo a Resolução nº 762, todos os novos projetos de caminhões, cavalos-mecânicos, reboques e semirreboques produzidos ou importados deverão conter o sistema antispray a partir de 1º de janeiro de 2023. Já para os veículos em circulação as novas regras serão exigidas a partir de 1º de janeiro de 2025.

Os veículos flagrados em desacordo com as exigências da nova resolução, estarão sujeitos a aplicação das sanções previstas no Art. 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). 

Confira na íntegra a Resolução nº 762: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

38 Comentários

  1. Só falta agora botar os caminhoneiros ajoelhados,comprar uma coleira que não se quebre,uma cinta de couro cru e uma corrente,porque cachorros do governo nós já somos.

    ResponderExcluir
  2. Este CTB tm cada idéia....
    Tanta regra absurda!!!
    Alguém teria que acabar com algumas regras bestas.....

    ResponderExcluir
  3. O CONTRAN fica só inventando coisas para gerar mais despesas para os caminhoneiros.

    ResponderExcluir
  4. Tem que mandar prender esses ladrões o mais rápido possível . É um absurdo.

    ResponderExcluir
  5. Gastar dinheiro dos outros é fácil nesse país

    ResponderExcluir
  6. Mais uma agora!!! "Sistema antispray"!!!😲😲

    ResponderExcluir
  7. Cada coisa, pq não fazem uma resolução para que as estradas sejam todas asfaltadas e duplicadas, um desrespeito com o trabalhador... So inventao merda!

    ResponderExcluir
  8. Safadeza, fica no escritório sentado pensando o q vai inventar pros outros gastarem dinheiro e se não o fizerem, multa, multa e mais multa.

    ResponderExcluir
  9. Eles só fazem inventar as coisas obrigar as empresas nos pagar o frete mínimo nem pensar né. É pakaba.

    ResponderExcluir
  10. Porque eles nao inventam uma regra pra quando estourar um pneu ou quebrar uma mola , por passar nos buracos das rodovias , em que seja trocados por conta do governo????!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Facilitar as ultrapassagens de veiculos menores.

    ResponderExcluir
  12. Está passando da hora da Lava jato chegar nesse Contran.
    Td isso eles inventam pra si auto bebeficiarem pois com certeza eles são os donos das fabricantes de tais objetos

    ResponderExcluir
  13. Que nada .Todo mundo vai colocar e ficar quietinho . Gastar e dizer amem .Ninguém vai tomar uma atitude drastica

    ResponderExcluir
  14. O problema e quem cria esses leis não sabe nem o que é um caminhão.

    ResponderExcluir
  15. Perfeito. Demorou. Esse spray dis caminhões atrapalha demais a visibilidade em veículos de menor porte. É óbvio que caminhoneiro não se preocupa com os demais usuários da vida né? Afinal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blz... teu preconceito conseguiu chamar atenção.... Mais um que é ingrato pelo que um caminhoneiro faz por ele e pela vida das pessoas que o cercam.. acorda imbecil

      Excluir
    2. Vc não sabe nem que dia é hoje! Imbecilidade a sua!

      Excluir
  16. Quem não tem nada a fazer fica inventando isso mesmo. KD que não justifica a ideia deles.

    ResponderExcluir
  17. Kd o presidente que disse que ia olhar para os caminhoneiros será que e assim que ele está olhando

    ResponderExcluir
  18. Qro saber se FDP que inventou isso...sabe pelo menos o que eh um caminhao...ou se esse corn tem algum...pra criar baboseirada dessas...

    ResponderExcluir
  19. Ladrões do caralho, isso não serve pra nada a nao ser pra tirar mais dinheiro do bolso dos trabalhadores,

    ResponderExcluir
  20. O caminhão já tem psrabarro prós lado não joga água só pra trás a não ser quando passa em uma possa de água mais aí todos veículo joga água o certo e andar de vagar eu não ultrapassar quando estiver chovendo muito o certo e ninguém colocar e pronto

    ResponderExcluir
  21. Acontece q a classe submissa juntamos todos contrário a isso p ver de naonaonmuda

    ResponderExcluir
  22. Alguém leu a resolução.
    É só pra caminhões novos fabricados a partir de 2023.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entao! Acho que vc nao leu ate o final pq os antigo a partir de 2025

      Excluir
  23. Fiscalizar a tabela e fazer comprir ate agora nada

    ResponderExcluir
  24. Esse Brasil tem jeito mas não so sabe invertar coisas absurdas mas esta porque não inventa uma máquina de trampar buraco nas rodovias

    ResponderExcluir
  25. Pq não inventa que as estradas que não forem asfaltada , tem pagar todos aqueles que a utilizam pq tantos pardais e polícias sempre multando o coitado do caminhoneiro pq tantos buracos nas estradas só para quebrarmos e termos mais drspesas com o veículo pq tanta regras pra nois e temos que cumprir todas semao a gente e multado .e uma vergonha esse paíz só rouba o cidadão e não podemos fazer nada e nem o frete mínimo que e lei nos consegue estao todos contra nois e nois caminhoneiro tentando sobreviver no meio de tanta lutas alguém tenha do da nossa classe !

    ResponderExcluir
  26. Kkkkkk...boa... E tem gente já colocando a culpa no novo governo sem se quer ler a resolução.

    ResponderExcluir
  27. As péssimas rodovias pedagiadas com excesso de alagamento, espelhos d'água ninguém cita, e mais fácil atacar sempre os mais fracos esse engomadinho a do CONTRAN estão sempre inventando moda.

    ResponderExcluir
  28. Isso é uma vergonha, não temos estrada que preste nesse país , agora mais esse e de mete o chifre no asfalto e sai rasgando.
    ... Socorro !!! BOLSONARO !!!

    ResponderExcluir
  29. Vamos nos unir isto São apisurto só tirarem de nos a ajudar miguéi o governo federal nei dai para a crace

    ResponderExcluir
  30. E falta de serviço caminhão já não sobra mais nada e aí vem um bando de ladrão enventando moda gasta dinheiro do trabalhador e fácil porque eles não cria uma resolução pra acaba com o pedágio

    ResponderExcluir
  31. Tem que fazer nos carros deles também afinal todos jogam água.

    ResponderExcluir
  32. Já perceberam q muitas dessas normas foram os próprios caminhoneiros que inventaram?
    Lembram q a turma de São Paulo antigamente escreviam as placas na carroceria? Aí virou lei com as caixinhas amarelas!
    Lembram q uns inventaram as grades laterais pra enfeitar o pavão? Virou lei ter q usar pra proteger os barbeiros de não entrarem debaixo do caminhão!
    Aí a um tempo atrás começaram a por nos para lamas da carreta ou do truck umas piasavas sim iguais às de vassouras pra segurar a água q esperava no decorrer do movimento do caminhão? Então gostaram do que viram e tornou se lei agora!!!!

    ResponderExcluir
  33. CONTRAN deixa nós trabalhamos em paz e vai pro inferno com tanta lei vai arrumar estradas monte de merda

    ResponderExcluir
  34. O correto seria o governo subsidiar toda a instalação da frota ativa, pois o equipamento faz parte da segurança que é prevista como obrigação governo na constituição, desta maneira aplicaria o recurso onde se faz necessário e injetaria um valor considerável na economia fazendo a roda do consumo girar e por sua vez retornar como vantagem ao próprio caminhoneiro com o transporte da matéria prima. Não podemos só questionar sem apresentar ideias que façam sentido...

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.