Veloce Logística se pronuncia sobre direção perigosa de motorista brasileiro na Argentina

Nesta semana começou a circular nas redes sociais um vídeo de um motorista brasileiro da Veloce Logística, conduzindo de forma perigosa e imprudente um conjunto da empresa na Ruta 14, entre as cidades de Campo Viera e Oberá, no distrito de Misiones, Argentina. 
No vídeo é possível notar além do excesso de velocidade, uma sequência de ultrapassagens em trechos que a manobra não é permitida, como por exemplo em curvas e em pontos de baixa visibilidade do sentido contrário. Nota-se ainda que em alguns trechos veículos que vinham no sentido contrariam são obrigados a trafegarem no acostamento, afim de evitar uma colisão frontal. 
Após uma grande repercussão nas redes sociais e na imprensa Argentina, a Veloce Logística, empresa paulista com nove anos de experiência no transporte rodoviário de cargas nacional e internacional, divulgou uma nota oficial se posicionando sobre o recente flagrante.
Em tom de repúdio, a empresa paulista destaca que presa pela segurança e qualidade de vida de seus funcionários e prestadores de serviço e que por esta razão desenvolve constantemente campanhas de conscientização da importância da direção defensiva, dos cuidados na estrada e da importância da vida. Além disso, frequentemente treinamentos voltados para a segurança dos motoristas são ministrados por instituições parceiras. 
A Veloce Logística destaca ainda nota que respeita a lei 13.103, popularmente conhecida como "Lei do Motorista", que regulamenta o tempo de jornada e descanso diário em cada viagem. 
Por fim a empresa revela que repudia e não compactua com atitudes irresponsáveis como as flagradas no vídeo. Ainda segundo a Veloce, os casos identificados estão sendo devidamente tratados, para que não ocorra reincidências. 

Confira na íntegra a nota da Veloce Logística: CLIQUE AQUI

Confira o vídeo flagrante:
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário