Protesto de caminhoneiros acontece em 3 estados do Nordeste

Assim como na Região Sudeste do Brasil, caminhoneiros deram início nas primeiras horas desta segunda-feira (21) a uma série de protestos e paralisações em rodovias e estados da Região Nordeste. O protesto inicialmente convocado pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), ganhou força em todo o país após outras entidades confirmarem apoio e adesão. 


De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e concessionárias que administram rodovias na região, três estados já registram bloqueios parciais ou algum tipo de manifestação por parte de caminhoneiros. A paralisação tem como principal protestar contra os consecutivos e diários aumentos nos preços dos combustíveis praticados pela Petrobras, principalmente sobre o óleo diesel. 
Confira abaixo os detalhes das paralisações em três estado da Região Nordeste: 

Bahia:
Até o momento o Estado da Bahia registra quatro pontos de bloqueios nas principais rodovias que cortam a região. Segundo a ViaBahia, concessionária que administra a BR-324, há bloqueios no km 531, próximo ao município de Feira de Santana. 
Já na BR-116, o protesto de caminhoneiros é registrado no km 814, no trecho da cidade de Vitória da Conquista, no km 521, trecho de Itatim e no KM 672 próximo ao município de Jequié. 
Assim como nos outros estados, apenas caminhões estão sendo impedidos de seguir viagem e ocupam o acostamento e uma faixa de cada rodovia. O trânsito segue liberado para veículos de passeio, ônibus e veículos de emergência em uma faixa.
Ceará:
De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um grupo de caminhoneiros bloqueou um trecho da rodovia BR-020 (Avenida Quarto Anel Viário), entre Fortaleza e a cidade de Maracanaú. Após a queima de pneus, os veículos passaram a ocupar o acostamento da rodovia. 

Paraíba: 
Já no Estado da Paraíba, os protestos de caminhoneiros acontecem na BR-104, próximo a Alça Sudoeste, em Campina Grande. De acordo com a PRF, apenas o tráfego de caminhões está sendo bloqueado. Veículos de passeio, ônibus e veículos de emergência seguem sendo liberados em uma faixa. 

Saiba tudo sobre a greve de caminhoneiros: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário