ANTT adia por tempo indeterminado a instalação de TAG's eletrônicas em caminhões

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou na última sexta-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU), a Portaria nº 553, que torna sem efeitos a Portaria SUROC nº 147/17 de 14/07/2017 e a Portaria SUROC nº 171/17 de 18/08/2017. 
Com a publicação da nova portaria e anulação dos efeitos das anteriores, a ANTT adiou por tempo indeterminado a distribuição e instalação obrigatória das TAG's eletrônicas em caminhões cadastrados no RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas).
A instalação obrigatória estava prevista para começar a partir do próximo mês (8 de janeiro de 2018), inicialmente em Goiás e no Distrito Federal. Os Estados haviam sido divididos em 8 grupos, com previsão de término das instalações em 8 de dezembro de 2018. 
Até o momento, a ANTT não justificou o adiamento.
O que é TAG Eletrônica? 
A tag é um chip que emite sinais de radiofrequência. Quando o veículo passa por pontos de leitura, um sistema reconhece as informações do veículo na base de dados da ANTT. Além disso, automaticamente, outros dados relacionados ao caminhão são identificados, como documentos fiscais ou informações de trânsito. 


Confira na íntegra a Portaria nº 553: CLIQUE AQUI

LEIA: ANTT esclarece dúvidas sobre identificação eletrônica nos caminhões
LEIA: ANTT divulga lista das empresas autorizadas a fornecerem o dispositivo TAG
LEIA: ANTT adia a instalação de TAG eletrônica


TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário