Fretebras Superior

Roubo de cargas em SP bate o recorde dos últimos oito anos

O roubo de cargas no Estado de São Paulo em 2013 apresentou um aumento significativo em relação a 2012. No ano passado, 7.959 ocorrências foram registradas (média mensal de 663,23 incidências), enquanto que no ano anterior foram somados 7.342 delitos. O fechamento representa um acréscimo de 8,40% nas ocorrências. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Este é o maior número de ocorrências em um ano desde 2006.
“Quanto à localização das ocorrências, o roubo de cargas está altamente concentrado na Capital e demais municípios da Região Metropolitana, com 80,82% do total. Desse percentual, 57,56% é oriundo da capital paulista (4.581 ocorrências) e 23,26% da Grande São Paulo (1.851)”, explica Coronel Paulo Roberto de Souza, assessor de segurança do SETCESP (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região).
Já em relação à localização das ocorrências nas áreas do Interior – que com 1.527 roubos compreende 19,18% do total –, os DEINTERs (Departamentos de Polícia Judiciária de São Paulo Interior) apontaram que os municípios que lideram nas ocorrências são Campinas (657 roubos registrados), Santos (278), Piracicaba (261), Ribeirão Preto (128) e São José dos Campos (105).
Vale ressaltar que, desde 2009, quando foram registradas 7.776 ocorrências, o Estado vinha apresentando índices gradualmente menores.
No balanço mensal de 2013, o resultado das ocorrências foi:

- Janeiro – 571
- Fevereiro – 585
- Março – 673
- Abril – 649
- Maio – 634
- Junho – 633
- Julho – 673
- Agosto – 732
- Setembro – 666
- Outubro – 726
- Novembro – 653
- Dezembro – 764

Confira abaixo a evolução das ocorrências no Estado entre 2006 e 2013:

Postar um comentário

0 Comentários