DAF lança 11 novas configurações para os modelos CF e XF

Dando continuidade ao aprimoramento de sua linha de caminhões no mercado europeu, a DAF apresentou recentemente 11 novas configurações de eixos para as linhas CF e XF. A novidade tem como objetivo facilitar e ampliar as possibilidades de customização para cada tipo de aplicação. 
A ampla variedade de configurações é dada graças ao lançamento de novos eixos. Destaca-se o novo eixo direcional traseiro com sistema EHS (Sistema de direção hidráulica elétrica) recentemente desenvolvido pela montadora que é 30 kg mais leve, resultando em carga extra. Além disso o novo eixo proporciona uma direção extremamente precisa principalmente em áreas urbanas e durante manobras. Além de reduzir o arrasto de pneus a novidade entrega uma economia de combustível de até 1%. 
Disponível caminhões rígidos e cavalos-mecânicos 6x2 ou 8x2 o eixo direcional traseiro com sistema EHS pode ser combinado ainda com uma nova suspensão pneumática que pode baixar rapidamente 90 milímetros e levantar 185 milímetros para uma carga e descarga rápida e confiável.
A DAF também está introduzindo um novo eixo de arrasto de 10 toneladas de dupla montagem, que possui uma capacidade de carga estática de 34 toneladas. A configuração ideal para carga e descarga de contêineres pesados, entrega uma redução de peso de até 25 kg, se combinado com outros componentes das linhas CF e XF a redução chega a 125 kg. A novidade também está disponível para caminhões rígidos e cavalos-mecânicos 6x2 ou 8x2. 
Com foco no transporte pesado a DAF apresenta também um novo eixo em tandem de duplo comando com redução de cubo (HR1670T). Graças a uma carcaça de eixo de ferro fundido completamente nova a redução de peso chega a 60 kg. 
Para alcançar a maior eficiência de combustível possível, estão disponíveis índices de transmissão final ainda mais rápidos (3.46, 3.61, 3.76: 1). Essas proporções permitem que o motor funcione com rotações ainda mais baixas. Para garantir os custos operacionais mais baixos possíveis, os intervalos de mudança de óleo para o novo conjunto em tandem foram aumentados para 3 anos ou 450.000 quilômetros. O novo eixo com redução no cubo está disponível para cavalos mecânicos 6x4 e 8x4. 
Completando as novidades em eixos, a DAF apresenta uma nova geração de diferenciais para eixo traseiro, com coroa e pinhão foram redesenhados que garantem maior longevidade e eficiência, bem como níveis de ruído extremamente baixos.
Além das novas configurações de eixo, a DAF apresenta um novo chassi leve para a linha CF. O chassi leve do CF FAD 8x4 agora está disponível com um tandem de redução única de 19 toneladas (SR1132T) e dois eixos dianteiros de 7,1 toneladas. Sucesso no Reino Unido pela alta rentabilidade e desempenho a nova opção passa a ser oferecida em todo o mercado europeu. O chassi conta ainda com o novo motor PACCAR MX-11, com potência de 270 a 330 kW (370 a 450 cv). 
Cientes da importância da redução do tempo de implementação, a DAF apresenta também para a linha CF e XF novos padrões de furação nos chassis, que facilitam e ampliam as possibilidades de instalação de implementos, graças a ampla variedade de ajustes. 
Completando a lista de novidades estão os os motores PACCAR MX-11 e MX-13 totalmente reformulados. Um objetivo importante durante o desenvolvimento dos novos powertrains foi a redução das rotações do motor comumente referidas como "down speeding", uma vez que rotações mais baixas resultam em menor consumo de combustível. Ao mesmo tempo, o torque máximo dos motores PACCAR aumentou significativamente, com o torque máximo agora disponível em 900 rotações surpreendentes por minuto.
A força dos novos motores aumentou de 7 kW / 10 cv para 14 kW / 20 cv, enquanto o torque foi aumentado em 50 a 200 Nm. Além disso, o DAF aplica "Multi Torque" no Novo CF e XF, o que resulta na liberação de mais de 100 a 150 Nm na engrenagem mais alta. Isso permite conduzir por períodos mais longos na engrenagem mais alta, o que, por sua vez, otimiza o consumo de combustível e maximiza o desempenho. 
Os novos motores PACCAR MX-11 e MX-13 vêm de série com as caixas de marcha automáticas TraXon de última geração. Estas transmissões têm menor perda de fricção e são caracterizadas por um comportamento de mudança de engrenagem extremamente suave. Estratégias de mudança específicas estão disponíveis para Transporte Padrão, Transporte Líquido, Transporte Pesado e Eco Combi. Nos modelos de construção do DAF CF FAD, FAT (chassi rígido) e FTT (cavalo-mecânico), a transmissão TraXon vem com uma  configuração off-road adicional  para desempenho de transmissão ideal e atuação da embreagem. Quando ativado, o TraXon muda extremamente rápido e em rotações mais elevadas para garantir a máxima tração. 
Com todas essas novidades a DAF passa a oferecer oito configurações de caminhões com chassi rígido de 2, 3 ou 4 eixos e três configurações de cavalos mecânicos com 3 ou 4 eixos.

LEIA: DAF apresenta nova versão da linha LF
LEIA: DAF apresenta novas versões da linha CF e XF

TEXTO: Lucas Duarte

 Receba por Email

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário