PRF autua carreta com 60 toneladas de excesso de peso

Em uma fiscalização de rotina na BR 101, em frente a Unidade Operacional de Polícia (UOP) de São Miguel dos Campos, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou ontem (01) uma carreta com excesso de peso superior a 60 toneladas. O bitrem carregado de milho havia saído de Goiás e seu destino final era Pernambuco. O veículo foi autuado e ficou retido na UOP até ser feito o transbordo da carga excedente.
Policiais rodoviários federais fiscalizavam em frente a UOP de São Miguel dos Campos quando abordaram o Volvo/ FH 460 6x4T, placa da Bahia, com dois semirreboques atrelados a ele. Durante a fiscalização os agentes verificaram que o veículo carregado de milho estava transitando com 60 toneladas de peso em excesso. Além disso, o veículo estava com tacógrafo inoperante. O equipamento obrigatório para esse tipo de veículo serve para monitorar o tempo de uso, a distância percorrida e a velocidade desenvolvida.
O motorista e a empresa transportadora foram autuados em multas que totalizaram R$22.375,09, valor proporcional ao excesso de peso encontrado. Além disso o veículo ficou retido no pátio da PRF aguardando o transbordo da carga excedente.
Esta infração é a principal causa de danos diretos ao pavimento das rodovias brasileiras. Além do prejuízo ao erário, o veículo com carga excedente põe em risco a segurança de todos que trafegam nas vias abertas à circulação, pois, compromete toda a estrutura do veículo que não foi fabricado para suportar aquele peso, causa maior desgaste dos pneus, maior consumo de combustível e aumenta a probabilidade de se envolver em acidentes.
FONTE: PRF 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário