Na contramão da crise, Fibrasil faz novo investimento

A Fibrasil Carrocerias, indústria de implementos rodoviários, especializada em eficiência térmica com a fabricação de carrocerias e semirreboques isotérmicos e frigoríficos de alta complexidade, anuncia investimento para a fabricação de uma mini carroceria baú adaptável às pick-ups de tamanho pequeno, que foi batizada internamente de Box.
É um monobloco semelhante a um freezer horizontal, com design moderno, acabamento externo em perfis de alumínio com liga de alta resistência.
Trafegando na contramão da crise econômica que o país atravessa, o Box está entre os principais investimentos da Fibrasil, em 2016, que deverá impactar positivamente nos negócios da companhia. É a primeira produção que permite estocagem em toda história da empresa, diferentemente das outras carrocerias e semirreboques que são fabricados on demand. “Esse produto nos permite trabalhar com pronta entrega. A expertise de engenharia aplicada na produção do Box foi para que ele pudesse ser adaptado, de forma igualitária, às pick-ups de qualquer montadora e atender a todas as necessidades”, disse a CEO da Fibrasil, Rosmari Ghellery.
O Box possui painéis com grande eficiência térmica, composto por poliuretano e laminado de fibra - “tipo sandwich” - (fibra/poliuretano/fibra). O acabamento externo é feito em gel coat branco 9004 - substância à base de resina poliéster isoftálica - e fino acabamento em peças de fibra de vidro. O sistema de refrigeração é composto por placas eutéticas, alimentadas por energia elétrica enquanto o veículo está em repouso. O líquido eutético das placas congelam a 33 graus negativos o que deixa o ambiente a -27 graus. A tecnologia permite uma autonomia de 12 horas de manutenção da temperatura, mesmo com as aberturas de portas do veículo durante cerca de 45 a 60 entregas por dia.
A expectativa da empresa em colocar o Box (refrigerado ou isotérmico) no mercado é poder atender ao pequeno empreendedor como sorveterias, empresas de entregas rápidas, delivery de produtos que necessitem de refrigeração, como transporte de medicamentos, entre outras. “Nós queremos colaborar e ver a economia girar novamente. Nossos produtos só atendiam a empresas de médio e grande porte, por meio das carrocerias refrigeradas para semirreboques, caminhões e VUCs. Agora os pequenos empreendedores também poderão ter acesso aos produtos Fibrasil”, conclui Rosmari sem citar os números do investimento da empresa para novo produto.

O Box será comercializado em qualquer parte do território nacional.
A crise econômica internacional provocou queda nas exportações, o que começou a mexer, na prática, com os negócios das transportadoras. As especializadas no armazenamento e transporte de cargas refrigeradas têm como meta a busca por alternativas para não perder mercado, tanto para o atendimento às redes de varejo quanto para a exportação. A Fibrasil, que atende esse segmento, não fala sobre os números, mas trabalha com expectativa de encerrar o ano com projeções positivas para os negócios.
FONTE: Assessoria de Imprensa 

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário