Imponência e design futurístico marcam a nova geração Scania

Foi apresentado ontem em Paris, o resultado de dez anos de trabalho de desenvolvimento e um investimento de mais de 2.000 milhões de euros. A nova geração de caminhões Scania chega ao mercado sendo o maior investimento feito pela marca em seus 125 anos de história. 
A nova geração Scania foi desenhada, desenvolvida e produzida pelos próprios designs internos da montadora sueca, que contaram ainda com a colaboração da Porsche Engineering para a elaboração do desenho básico das cabines. O aspecto das novas cabines permite que qualquer pessoa as reconheça imediatamente como Scania, e de forma ainda mais clara, já que faz referência tanto ao futuro como à imponência e à presença marcante que só um autêntico caminhão da máxima qualidade pode expressar. 
A nova geração foi desenvolvida com base nos seguintes requisitos: Conforto para motorista, economia de combustível, otimização do espaço interno, segurança e confiabilidade. Estes requisitos impulsionaram o trabalho de desenvolvimento da cabina e refletem-se tanto nos detalhes como no desenho geral. 
No que se refere ao exterior, a Scania deu a máxima prioridade a aspectos relacionados a aerodinâmica e consequentemente ao consumo de combustível. Todas as superfícies, tanto à frente como as laterais e até mesmo a parte inferior do veículo, foram otimizadas para conseguir uma resistência mínima. Todos os componentes, incluindo os limpador parabrisas, os espelhos retrovisores e as diferentes luzes, foram redesenhados com esse intuito. "Na nossa busca por elementos que consumiam menos combustível, a aerodinâmica era, efetivamente, um componente de extrema importância”, afirma Göran
Hammarberg, responsável pelo desenvolvimento de cabines da Scania. 
As novidades da nova geração não se restringem apenas ao novo design, o portfólio de produtos também foi ampliado com a chegada da Série S, que será composta pelos modelos top de linha da marca. Os modelos da Série S possuem piso 100% plano e são 16 cm mais altos que os modelos da série R, proporcionando ao motorista o máximo de espaço interno e conforto. "Falamos de uma diferença de altura de 16 cm, que será do agrado daqueles que não só trabalham mas também vivem no seu veículo", revela Kristofer Hansén, design chefe da Scania. A montadora revela ainda que a Série S é a opção ideal para os clientes que procuram conforto na hora de descansar, prestígio e facilidade de uso. 
Quando todas as opções de cabine tiverem sido introduzidas no mercado, a nova geração de caminhões Scania contará com 24 configurações de cabine, o que oferece a Scania a possibilidade de personalizar o veículo de acordo com as necessidades do cliente, entregando assim a melhor solução em  espaço interno, economia de combustível, máxima comodidade e máxima capacidade de carga, independente do tipo de aplicação. 
A parte estrutural das cabines também foi aprimorada, visando o máximo de segurança para os ocupantes. Nas estruturas da cabine foi utilizado aço de alta resistência combinado com sistemas de solda de última geração, transformando a cabine em uma célula de sobrevivência em caso de acidentes. 
A nova geração Scania também conta com melhorias cruciais de visibilidade, em todas as cabines o banco do motorista o banco do motorista foi deslocado 6,5 cm para frente e 2 cm para a esquerda, aprimorando assim a segurança, a visibilidade do condutor e consequentemente o espaço interno. O aumento da área envidraçada combinado com colunas mais estreitas e um painel mais baixo reduziram de forma significativa os pontos cegos. Os retrovisores também foram redesenhados, tornando-os mais aerodinâmicos e ampliando a visibilidade para o motorista, contam ainda com regulagem elétrica, sistema de aquecimento anti-embaçamento e um sistema de amortecimento anti vibração. "A boa visibilidade é fundamental para a experiência de condução e para a segurança, existem muitos parâmetros que contribuem para criar essa experiência", destaca Kristofer Hansén, design chefe da Scania. 
“O desenvolvimento de novas cabines para caminhões com máxima qualidade é um processo extremamente complexo”, afirma Göran Hammarberg, responsável pelo desenvolvimento de cabines da Scania. “Visibilidade, conforto, legislação, ergonomia, facilidade de reparos, peso reduzido e altos níveis de segurança são apenas alguns dos aspectos levados em consideração. Estamos absolutamente encantados com o que conseguimos fazer e convencidos que esses caminhões serão um marco na indústria de transporte”, finaliza. 
A produção da nova geração começa imediatamente na Suécia, com foco principal em veículos e serviços para o transporte em longas distâncias, outros modelos e opções serão acrescentadas ao longo do tempo na medida que as demais fábricas forem se ajustando. 
Não há uma previsão de quando a nova geração chegará ao Brasil e a outros mercados fora da Europa, segundo a Scania o lançamento em outros países só terá início após a conclusão do processo de apresentação de todas as configurações ao mercado Europeu. 

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários: