Novo VM330 6x4 off-road ofece maior capacidade de carga em sua categoria

A Volvo promoveu uma série de inovações para aumentar em 20% a capacidade de carga do novo VM dirigido ao segmento fora de estrada. O caminhão, que teve seu PBT técnico elevado de 26,7 toneladas para 32 toneladas, recebeu, por exemplo, alterações e reforços nas suspensões e eixos dianteiro de viga reta e traseiros com redução nos cubos. “Ousamos dizer que é o melhor veículo em sua classe”, declara Bernardo Fedalto, diretor de caminhões Volvo no Brasil.
O eixo dianteiro, que na versão anterior, suportava 6,7 toneladas, agora está preparado para 8 toneladas. Os eixos traseiros, que antes eram projetados para 20 toneladas, no veículo novo suportam 24 toneladas. No total, são 5,3 toneladas a mais de capacidade de carga.
Os eixos traseiros têm também redução nos cubos e vêm de fábrica com bloqueio de diferencial entre rodas e entre eixos. Esta condição confere ao transportador um conjunto mais robusto e com maior durabilidade. “É o caminhão com o maior PBT técnico em sua categoria”, afirma Francisco Mendonça, gerente de caminhões Volvo no Brasil. “E também o mais robusto”, complementa Álvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas, ao lembrar que os eixos do novo VM são os mesmos que equipam a famosa linha FMX da marca.
A suspensão dianteira é dimensionada para 8 toneladas. Tem molas parabólicas de alta capacidade, amortecedores de dupla ação e barra estabilizadora. “Este conjunto mantém a característica tradicional dos veículos da marca de alto conforto e segurança para o motorista nas aplicações em vias não pavimentadas”, observa Ricardo Tomasi, engenheiro de vendas da Volvo.

Manutenção simplificada
Já a suspensão traseira é composta de feixe de molas semielípticas e projetada para suportar 24 toneladas. É mais robusta e proporciona manutenção simplificada, pois, em caso de necessidade, é possível trocar apenas uma das lâminas. “Quanto menos tempo o caminhão ficar parado, maior a produtividade da operação de transporte”, explica Tomasi.
Outra característica importante do VM fora de estrada são os freios a tambor Z came, os mesmos do FMX. Eles oferecem inúmeras vantagens, principalmente maior durabilidade das lonas e maior capacidade de frenagem, além de mais segurança na operação. Já os cilindros de freios traseiros foram montados sobre os eixos, posição que garante maior segurança para os componentes, protegendo-os de eventuais danos causados por obstáculos no solo. O vão livre maior na área sob os eixos também permite uma operação mais segura em estradas sem asfalto. “Tudo foi pensado para proporcionar maior disponibilidade do veículo e, por consequência, mais produtividade do caminhão e maior rentabilidade para a operação”, destaca Menoncin.
Com um balanço traseiro curto, que facilita a implementação de caçambas basculantes, o novo VM tem ainda inúmeras opções de tomadas de força, uma tela de proteção do radiador reforçada, protetor de cárter de série e lanternas traseiras em LED, entre uma série de outros atributos.
FONTE: Volvo 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário