Facchini

Randon New R

Vendas de caminhões seminovos apresentam leve queda de 2,7% em novembro

Mercedes-Benz 1316 vermelho antigo a venda
Reprodução

Pouco mais de 28 mil caminhões foram negociados no mês de novembro; acumulado do ano já ultrapassa a marca de 310 mil unidades vendidas

Google News
O menor número de dias úteis no mês de novembro refletiu diretamente no volume de vendas do mercado brasileiro de caminhões seminovos. A informação é confirmada pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE).

De acordo com o balanço oficial da entidade, 28.201 caminhões seminovos foram negociados em todo o Brasil no mês de novembro, recuo de 2,77% em relação ao mês anterior, outubro, quando 29.005 exemplares foram comercializados. Em relação a novembro de 2022, quando 25.649 caminhões foram vendidos, o mercado apresentou uma alta de 9,95%.


Já no acumulado do ano, ou seja, de janeiro a novembro de 2023, 310.885 caminhões seminovos foram vendidos em todo o Brasil, leve retração de 0,32% em relação ao mesmo período de 2022, quando 311.877 exemplares foram negociados. O número pode ser considerado uma estabilidade.

Os dados divulgados pela Fenabrave também apontam as seis marcas que se destacaram no mercado de usados até novembro de 2023. São elas, a Mercedes-Benz que garantiu uma participação de 36,35% nos negócios seguida pela sua principal concorrente, a Volkswagen que alcançou uma participação de 21,73%, a Ford com 14,94%, a Scania com 10,02% de participação, seguida da sua concorrente sueca Volvo com 9,53% e a IVECO com 4,44% de participação nos negócios de usados.



NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA