Facchini

Randon New R

PRF flagra 140 toneladas de excesso de carga no Agreste de Pernambuco

DAF XF com bitrem graneleiro de 7 eixos abordado pela PRF
PRF/Divulgação

Ao todo, 17 caminhões foram fiscalizados na região de Garanhuns (PE) e Paranatama (PE); um dos caminhoneiros abordado portava 200 comprimidos de "rebites" e cocaína

Google News
Na madrugada da última terça-feira, 12 de dezembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou uma série de caminhões circulando com excesso de peso e diversas infrações que comprometem a segurança do trânsito. As ocorrências foram registradas durante ações de fiscalização em Garanhuns (PE) e Paranatama (PE), no Agreste pernambucano. 


De acordo com o balanço oficial da corporação, 17 veículos de carga foram fiscalizados e registrado um total de 140 toneladas de excesso de peso. Também foram constatados defeitos nos sistemas de freios, descumprimento da Lei do Descanso e Combinações de Veículos de Carga (CVC's) circulando em desacordo com a Autorização Especial de Trânsito (AET).

Em uma das abordagens, um motorista de caminhão foi flagrado com 200 comprimidos de "rebite" e cerca de 10 gramas de cocaína, além de acessórios para o uso das drogas. A equipe lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência(TCO), para encaminhamento do fato ao juizado especial criminal.

Diante dos fatos, todas as autuações cabíveis foram aplicadas, conforme determina a atual legislação. Além disso, os caminhões que circulavam com excesso de peso foram retidos para transbordo.

Cartela de rebites sob capô de viatura apreendidas pela PRF
PRF/Divulgação


Excesso de carga
Atualmente o excesso de peso é considerado uma das infrações mais danosas à segurança do trânsito, devido a redução da vida útil do pavimento, comprometimento da eficiência do sistema de freios e aumento considerável no risco de acidentes graves.

Atualmente o art. 231, inciso V do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) considerada o excesso de peso uma infração gravíssima, punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado acima dos 1.000 kg.



NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA