Facchini

Randon New R

Ônibus Mercedes-Benz percorre 2.000.000 de km sem abrir o motor para reparos

Ônibus Mercedes-Benz O 500 RS 1636 com carroceria Marcopolo circulando em rodovia na Guatemala
Mercedes-Benz/Divulgação

Motor Mercedes-Benz OM 457 LA equipa um ônibus rodoviário O 500 RS; utilização de peças genuínas, cumprimento das instruções do manual de manutenção e suporte especializado de pós-venda estão entre os fatores decisivos

Google News
Produzidos no Brasil a partir da fábrica de São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo, os motores dos ônibus rodoviários Mercedes-Benz O 500 seguem demonstrando qualidade, robustez e durabilidade no exterior. Prova disso é um motor OM 457 LA que atingiu a marca de 2.000.000 de km percorridos sem precisar de manutenções corretivas na Guatemala, país da América Central.


Equipando um chassi O 500 RS 1636, com carroceria Marcopolo G6 para 46 passageiros, pertencente à Litegua, empresa que atua nos segmentos de transporte rodoviário e turismo, o exemplar opera desde 2006 e desde então passou apenas por manutenções preventivas e revisões regulares. O ônibus atua principalmente na rota da Cidade da Guatemala até a região de Izabal.

Segundo Jens Burger, diretor geral do Centro Regional Daimler América Latina, o sucesso obtido pela Litegua se apoia nas revisões programadas e no treinamento que o grupo concede aos seus motoristas. “O resultado alcançado se deve também à preocupação que o cliente tem de sempre adquirir peças genuínas da marca e de fazer as trocas de óleo necessárias com antecedência, além de realizar as revisões seguindo o manual de manutenções. A regularidade das trocas e as análises do óleo, que são feitas em suas próprias unidades, permitem controlar o desgaste e a perda da viscosidade. Todo esse cuidado, especialmente com peças de reposição, faz com que o motor tenha uma vida útil mais longa”, diz o executivo.


A satisfação com os ônibus rodoviários da marca Mercedes-Benz foi reafirmada por Oscar Guerra, proprietário da Litegua. “Seguimos muito confiantes no O 500. Tanto que já adquirimos duas unidades do novo modelo rodoviário lançado há dois meses para países da América Latina, que foi testado sob condições rigorosas em elevadas altitudes e temperaturas, visando assegurar força, robustez, durabilidade, segurança e conforto, fatores essenciais para que nossa empresa continue oferecendo um serviço de transporte cada vez melhor à população da Guatemala”.

O excepcional desempenho dos motores OM 457 LA, aliado à boa relação entre a Litegua e o representante Inchcape Guatemala, possibilitaram a compra pelo cliente de duas unidades do chassi Novo O 500, equipados com motor OM 460 LA e desenvolvido para aplicações de montanha, com o qual se espera um melhor consumo de combustível nessas operações. Estes são os dois primeiros ônibus Novo O 500 de toda América Central”, comenta Augusto França, gerente de Vendas e Marketing Bus Regional Center Daimler Latina.



NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA