Facchini

Randon New R

Nenhuma empresa se interessa pelo leilão da BR-381/MG

Foto aérea de uma curva da BR-381/MG em trecho de pista simples
DNIT/Divulgação

Leilão do trecho entre Belo Horizonte (MG) e Governador Valadares fracassou pela terceira vez consecutiva; em virtude dos acidentes trecho ficou conhecido como “Rodovia da Morte”

Google News
A princípio pode parecer uma notícia repetida, mas não. Pela terceira vez consecutiva, o Governo Federal fracassou ao tentar leiloar o trecho da BR-381 entre Belo Horizonte (MG) e Governador Valadares (MG). A informação é confirmada pelo próprio Ministério dos Transportes.


Em nota divulgada nesta semana, a pasta confirmou que o projeto de concessão da BR-381/MG, cujo leilão estava previsto para esta sexta-feira (24), não obteve propostas. O prazo para a entrega dos envelopes pelos proponentes terminou ao meio-dia da última terça-feira (21). Em 2021 e 2022, o trecho também passou por tentativas de leilão, mas também não atraiu nenhuma concessionária. 

Ainda segundo o Ministério do Transportes, o Governo Federal seguirá empenhado em leiloar a rodovia. Para isso, retomará o diálogo com o Tribunal de Contas da União (TCU) afim de criar as condições necessárias para viabilizar o investimento privado. A expectativa da pasta é de que um novo leilão do trecho conhecido como "Rodovia da Morte" ocorra no primeiro semestre de 2024.

Confira na íntegra a nota do Ministério dos Transportes: CLIQUE AQUI


NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA