Caminhoneiro é preso após apresentar documento adulterado; caminhão tinha mais de 60 multas

PMRv/Divulgação

Condutor apresentou documento com licenciamento de 2022, mas QR Code confirmou que documentação verdadeira era de 2021; maior parte das multas era por evasão de balança

Na última quarta-feira, 28 de dezembro, a Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais (PMRv) prendeu em flagrante um caminhoneiro no km 93 da MG-79, em Pouso Alegre (MG). Durante a abordagem o condutor apresentou um documento adulterado. 

No momento em que os militares solicitaram Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV-e), o caminhoneiro apresentou a versão impressa como pago no ano de 2022. Entretanto, quando os policiais leitura do QR code do documento, foi verificado no sistema que o último licenciamento era referente ao exercício 2021, constatando assim a adulteração na documentação.

Ao aprofundarem as averiguações, os policiais militares constataram ainda que o caminhão tinha mais de 60 multas, sendo mais de 20 delas por evasão de balança.

Diante dos fatos, o veículo de carga foi apreendido e o condutor preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pouso Alegre (MG).

Postar um comentário

0 Comentários