Black Friday: FSJ Logística espera movimentar 940 mil pacotes no dia de maior pico

Divulgação

Volume é cerca de 23% maior do que é normalmente transportado por dia em períodos de demanda regular

A FSJ Logística, transportadora especializada em cargas fechadas com rotas fixas para todo o País, espera transportar 940 mil pacotes no dia de maior pico da Black Friday 2022, número que deve se manter estável em relação ao mesmo pico do ano passado. Esse volume é cerca de 23% maior do que é normalmente transportado por dia em períodos de demanda regular, mas não aponta crescimento em relação ao evento do ano passado.


Mesmo com a animação por conta da Copa do Mundo e a estreia da seleção brasileira, estamos sentindo o mercado mais conservador nesta Black Friday do que no ano anterior, de modo que estamos estimando um volume de cargas movimentadas praticamente igual ao de 2021”, explica Rafael Jacobsen, diretor de operações da FSJ.

A FSJ se preparou com antecedência para as grandes movimentações da Black Friday, por isso as manutenções dos equipamentos foram antecipadas para elevar a disponibilidade e reduzir as paradas; foi ampliado o número de veículos na frota e o time de analistas foi reforçado para garantir todo o suporte aos clientes.

Segundo Jacobsen, produtos do e-commerce ligados às categorias de bem-estar e para o lar devem ser os mais vendidos e transportados. “Nossa carga é oriunda do e-commerce. O volume e o tipo de produtos transportados dependem muito das promoções feitas pelas plataformas, mas acreditamos que deve seguir a tendência de anos anteriores, com os produtos ligados ao bem-estar e ao lar”, afirma ele.


Para toda a operação de Black Friday a FSJ vai também operar com as 102 carretas blindadas, que representam um grande diferencial de mercado, principalmente no atendimento ao varejo, diminuindo eventuais riscos das operações.

As blindagens são elétricas e as carretas são equipadas com fechaduras que só abrem via satélite e quando os veículos se encontram dentro do raio do Centro de Distribuição dos destinatários. Senhas randômicas de abertura são enviadas a apenas um operador designado em cada um dos clientes da transportadora.

Além das blindagens, a FSJ atua com outros sistemas tecnológicos de segurança, como a telemetria e monitoramento/rastreamento redundante também via satélite em 100% dos equipamentos, que inclui o imobilizador T4s e as travas SASCAR.

FONTE: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários