MAN TGX 100% elétrico é destaque na IAA Transportation 2022

MAN Truck & Bus/Divulgação

Previsto para ser produzido em série a partir de 2024, extrapesado elétrico promete entregar uma autonomia para até 800 km com uma única carga nas baterias

Google News
Atenta a crescente demanda por eletrificação das operações do transporte rodoviário de cargas, a MAN Truck & Bus, marca pertencente ao Grupo TRATON, destaca como principal novidade na IAA Transportation, maior evento de veículos comerciais do mundo e que acontece nesta semana em Hannover, Alemanha, o primeiro MAN TGX 100% elétrico.


Batizado de e-Lion e em fase de desenvolvimento, o primeiro extrapesado 100% elétrico da montadora alemã promete atender com precisão as operações rodoviárias de longa distância. Para isso, a marca antecipa que cada exemplar contará com uma autonomia entre 600 e 800 quilômetros, conforme as condições operacionais. Futuramente, a autonomia poderá ser ampliada para os impressionantes 1.000 quilômetros com apenas uma carga nas baterias.

Apesar de não revelar detalhes do inovador trem de força, a montadora alemã confirma que até o momento 20 protótipos já foram produzidos e passam agora por testes operacionais sob condições reais. Já a produção em escala comercial, ou seja, em série, está prevista para começar a partir de 2024 em Munique, Alemanha. Para isso, a montadora vem investindo fortemente na adequação e modernização da planta industrial alemã. Já na reta final de 2023, todos os colaboradores serão qualificados para a produção do primeiro extrapesado 100% elétrico da marca.


Para a mobilidade de amanhã e um transporte sustentável e neutro, o Man Truck & Bus acredita firmemente que os modelos elétricos a bateria são um caminho a seguir. Para isso, estamos tornando nossa produção mais flexível e construindo nosso futuro caminhão elétrico pesado em uma linha de produção junto com veículos convencionais para que possamos eletrificar caminhões para nossos clientes ou produzi-los com motores a diesel, conforme necessário. Também estamos apoiando nossos clientes o mais próximo possível na transição para a mobilidade elétrica, com base em nossos muitos anos de experiência no campo de e-buses e vans, bem como em nosso e-TGM elétrico no transporte de distribuição. Já em 2024, os primeiros caminhões pesados elétricos começarão a serem produzidos em série na linha de montagem em Munique e também entregues aos primeiros clientes”, diz Alexander Vlaskamp, ​​diretor executivo da Man.

Durante a IAA Transportation 2022, a MAN Truck & Bus também revela que o inédito e-Lion não será o único pesado eletrificado do portfólio de produtos. A marca também já planeja versões com chassi rígido e modelos voltados para aplicações vocacionais, como por exemplo no segmento de coleta de resíduos e na construção civil.


Produção de baterias a partir de 2025
A MAN Truck & Bus não se concentrará apenas na produção dos caminhões elétricos. Para 2025, está previsto o início da produção em larga escala de baterias próprias em uma nova fábrica que está sendo construída em Nuremberg.

Investimento em pontos de recarga
Para garantir de fato que os caminhões 100% elétricos são uma alternativa viável e funcional para o transporte rodoviário de cargas de longa distância, a montadora alemã também se preocupa com o desenvolvimento da infraestrutura de carregamento no continente europeu. Em conjunto com outros importante players do segmento, o Grupo TRATOR formou uma nova joint-venture que tem como principal objetivo, criar pelo menos 1.700 novo pontos de carregamento de alta potência em ou perto de rodovias e hubs logísticos em toda a Europa. Para isso, as empresas estão investindo 500 milhões de euros.

MAN Truck & Bus/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários