Centro de Treinamento da Mercedes-Benz em Campinas completa 40 anos

Mercedes-Benz/Divulgação

Treinamento prático presencial, EAD, estúdio de gravação, sala digital, óculos de Realidade Virtual, robôs, gameficação, chatbot e unidades volantes estão entre os principais diferenciais do espaço

Google News
Mantendo uma longa tradição na formação e especialização de profissionais ligados ao segmento de caminhões e ônibus, a Mercedes-Benz do Brasil celebra neste mês, 40 anos do Centro de Treinamento localizado na planta da Empresa em Campinas (SP). Agora batizado de Mercedes-Benz Truck Training, a estrutura de ensino conta com cerca de 600 cursos para equipes de Vendas e de Pós-Venda da Rede de Concessionários e da própria Fábrica, além da oferta de cursos, em parceria com entidades que visam a capacitação de profissionais da mobilidade, como motoristas, técnicos de oficina e gestores de clientes Mercedes-Benz.

O Mercedes-Benz Truck Training de Campinas também atua com foco na América Latina e mercados overseas m sinergia com a matriz da Companhia na Alemanha. Desde 1982, foram mais de 440 mil participações em treinamentos, sendo cerca de 12.480 em 2021 no formato de Ensino à Distância (EAD), devido à pandemia. 

Esses 40 anos do Centro de Treinamento de Campinas foram muito intensos, com múltiplas atividades e uma grande evolução em conceito, estrutura e portfólio. Nesse sentido, vínhamos trabalhando no desenvolvimento de novos meios digitais e online de EAD, processo que teve de ser acelerado na pandemia da COVID-19”, destaca Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Isso resultou em um realinhamento das nossas atividades às novas necessidades dos nossos concessionários e clientes. Construímos uma plataforma digital de treinamento, que mostra a total sinergia entre essas necessidades e com o avanço dos conceitos da Indústria 4.0 na nossa Empresa, já vistos nas linhas de produção de caminhões e chassis de ônibus, nos produtos da marca e em serviços e conectividade. Com tecnologia digital, Internet das Coisas, dados na nuvem e Realidade Virtual, entre outros elementos, estamos cada vez mais avançados na capacitação e especialização das equipes da Rede e da Fábrica”.


Transformação digital
Em 2020, lançamos o Plano de Aceleração da Transformação Digital”, conta André Wulfhorst, gerente sênior de Desenvolvimento e Treinamento da Rede de Concessionários de Veículos Comerciais da Mercedes-Benz do Brasil. “Essa iniciativa contribuiu para que nos mantivéssemos em contato constante com os profissionais dos concessionários, que por sua vez mantiveram seus programas de atualização e especialização sem deixar de se proteger, evitando deslocamentos e mantendo o distanciamento recomendado pelos órgãos de saúde”.

Nossa meta, estabelecida antes de 2020, era ter de 10% a 20% do conteúdo total no formato digital para EAD apenas em 2023”, ressalta André Wulfhorst. “Porém, tivemos que nos reinventar em curto espaço de tempo. Hoje, dos 600 títulos de treinamentos oferecidos pela Mercedes-Benz Truck Training, cerca de 230 já estão no formato EAD, ou seja, aproximadamente 40%. Isso envolveu mais do que a digitalização dos materiais de treinamento, mas sim uma transformação completa dos cursos usando a metodologia do EAD. Recriamos também a plataforma de cadastro e de interação dos treinandos com a ferramenta”.

Segundo o executivo, a metodologia de Ensino à Distância proporciona vários benefícios aos concessionários e seus profissionais, além de um aprendizado com altos níveis de compreensão. Com o EAD, o participante e o concessionário ganham flexibilidade nos horários, otimização do tempo, economia financeira, interação com instrutores especializados e uma plataforma digital moderna com um vasto conteúdo de materiais e mídias. Outro importante benefício é que os concessionários podem inscrever mais profissionais nos cursos, ou seja, podem ampliar o ritmo de capacitação dos seus colaboradores em menos tempo.

Em 2020, no primeiro ano da pandemia, foram registrados mais de 10.000 participantes nos treinamentos EAD de Campinas. Em 2021, também somente EAD, esse número foi de 12.480. Para 2022, já num formato híbrido (EAD e Presencial), a expectativa é de aproximadamente 19.000 participações.


Benefícios do sistema híbrido de ensino
O formato híbrido de treinamento é mais uma solução eficiente e de qualidade que deriva da grande transformação pela qual estamos passando, com ótimas perspectivas de resultados para os participantes da Rede de Concessionários e da Fábrica”, avalia Ronaldo Ferrareto, gerente de treinamento responsável pela operação em Campinas. “Assim como acontece no presencial, também no EAD os participantes contam com apoio de instrutores durante todo o ciclo do treinamento. Este olhar mais moderno para as metodologias de treinamento já é benchmark para a Daimler Truck. Colegas da China já se interessaram por nossa experiência no Brasil e aplicaram nossas boas práticas para o lançamento de um caminhão Mercedes-Benz no mercado chinês”.  

O sistema híbrido, implantado este ano, combina o ensino presencial com o ensino à distância, proporcionando ao aluno não só a conveniência do EAD, mas toda a efetividade das atividades presenciais. Além disso, oferece mais autonomia e exige mais disciplina do aluno, consolidando a cultura do autoestudo.


Estrutura modernizada com novos recursos
Antes de retomar as atividades presenciais, o Centro de Treinamento passou por uma reestruturação e modernização que incluiu a adoção de inovações tecnológicas que visam proporcionar uma nova experiência aos participantes. Destaque para as salas conectadas e inteligentes, para o Laboratório Novo Actros que oferece uma imersão técnica e comercial, e um estúdio próprio de gravação de vídeos e transmissão.

Outra importante novidade é a "Liz", a Assistente Virtual do Truck Training que auxilia no atendimento e suporte à Rede para questões de treinamento. Os participantes também contam com apoio do Tinbot, primeiro robô brasileiro interativo que reúne Inteligência Artificial e Cognição, possibilitando uma interatividade humanizada. Aplicado na área de ensino, este robô é capaz de responder perguntas e passar instruções simples e objetivas aos alunos.

Um Óculos de Realidade Virtual também está presente no dia a dia da área. Esta ferramenta é ideal para auxílio técnico à distância. Com esse óculos é possível transmitir, com qualidade de detalhes, uma aula ou uma instrução técnica, mesmo em um local de difícil acesso. Com essa tecnologia, os alunos serão capazes de acompanhar tudo o que o instrutor estiver fazendo ou demonstrando por meio de qualquer computador ou celular.


Evolução em conceito, estrutura e portfólio
O desenvolvimento da tecnologia sempre foi o grande impulsionador da evolução do Centro de Treinamento da Mercedes-Benz ao longo de seus 40 anos. Daí o foco nos impactos no powertrain (motor, câmbio e eixo), com marcos como a chegada do motor eletrônico em 1998, do Star Diagnosis em 2000, dos Programas de Emissões Proconve P7 e P8 (Euro 5 e Euro 6), da eletrônica embarcada, como o sistema de telemetria e gestão de frota Fleetboard e as tecnologias no Actros, como a segurança ativa e o MirrorCam.

Atualmente, a área oferece cursos ligados a novidades, como o chassi de ônibus elétrico Mercedes-Benz eO500U, a nova linha de caminhões e ônibus 2023 com motores Euro 6 e o caminhão extrapesado Arocs 8x4 para severas operações off-road da mineração, construção pesada e grandes obras de infraestrutura.

Além da estrutura central de Campinas, o Mercedes-Benz Truck Training conta com outros recursos, como os Centros de Treinamento Homologados, instalados junto aos concessionários Mercedes-Benz de Taboão da Serra (SP), Contagem (MG), Curitiba (PR) e Cuiabá (MT).

A área conta também com sete Unidades Volantes de Treinamento, sendo cinco caminhões e dois ônibus, equipados com recursos didáticos e equipamentos técnicos para treinamentos práticos, como motores e caixas de transmissão.  Somam-se ainda as parcerias da Mercedes-Benz com as entidades SENAI, SEST/SENAT e FABET e com fornecedores (Allison, Wabco, ZF, Eaton, Voith e Bosch).


Treinamento de motoristas
Além da comercialização de produtos de alta qualidade e avançada tecnologia, a Mercedes-Benz também prioriza a formação de motoristas para que eles aproveitem todo o potencial de seus veículos no dia a dia de trabalho e ainda possam contribuir para o aumento da segurança nas estradas. “Dessa forma, a Empresa colabora para qualificar a mão de obra do setor e, consequentemente, faz com que o transporte de cargas e de passageiros seja mais seguro, econômico e ecológico”, diz Roberto Leoncini. “Essa iniciativa reafirma o compromisso da Mercedes-Benz do Brasil com o ecossistema do transporte responsável e com pilares ESG”.

A fim de ampliar o alcance dos treinamentos aos profissionais do volante, a Mercedes-Benz oferece cursos em parceria com o SEST/SENAT e a FABET, o que inclui a cessão de caminhões para atividades práticas.


Linha do tempo
1982 – Inauguração no dia 3 de agosto. A Mercedes-Benz já oferecia treinamentos para a Rede de Concessionários antes desta data. Porém, foi em 1982 que se criou uma estrutura específica para essa finalidade na planta de Campinas.

1988 – A primeira UVT (Unidade Volante de Treinamento) ligada ao CT de Campinas entrou em atividade. Era um ônibus equipado com ferramentas especiais, agregados e recursos didáticos.

1991 – Primeiro treinamento Overseas, realizado na Nigéria. Muitos o seguiram nos anos seguintes, sempre ligados a vendas de grandes quantidades de produtos a mercados atendidos pela Mercedes-Benz do Brasil. Os treinamentos na América Latina, hoje planejados pela Daimler Latina e executados pelo CT de Campinas, começaram a se expandir na década seguinte, a partir de 2000.

1998 – Introdução do motor eletrônico para caminhões e ônibus Mercedes-Benz. Um grande salto tecnológico e novamente a Empresa foi pioneira no mercado brasileiro, o que demandou muito treinamento para a Rede de Concessionários e também para equipes da Fábrica.

2005 – Formatura da primeira turma do programa de certificação C-Training, criado três anos antes na matriz da Companhia na Alemanha e que foi adaptado para caminhões e ônibus. Nos anos seguintes seguiram as certificações C-Services, C-Management e outras. 

2012 – Introdução da tecnologia Proconve P-7 (Euro 5).

2013 – Primeiras três medalhas na competição global TechMaster da Daimler Truck. Em 2019, um profissional do Brasil ganhou a medalha de ouro na prova de Técnico em Diagnóstico. O TechMaster Truck foi criado 2009 e a Mercedes-Benz do Brasil participa desde a primeira edição. Este programa de reconhecimento busca fomentar e estimular o aprendizado técnico e comercial das equipes de Vendas e de Peças & Serviços da Rede. 

2018 – Programa de treinamento para o Novo Actros, com a criação de vários cursos que, ao longo de três anos, prepararam a Rede de Concessionários para a introdução das novas tecnologias deste produto, com foco em mecatrônica.

2020 – Chegada da revolução do EAD. Foram 5 anos em 5 meses. Hoje, já estão disponíveis 230 cursos EAD no portfólio.

2021 – Adequação do Centro de Treinamento à era digital. Início dos treinamentos do Arocs 8x4.

2021/22 – Primeiros treinamentos do chassi de ônibus urbano elétrico eO500U.

2022/23 – Introdução da tecnologia BlueTec 6 no portfólio de caminhões e ônibus 2023 para atendimento à legislação de emissões Proconve P-8 (Euro 6).


Postar um comentário

0 Comentários