PRF recupera caminhão e prende casal após golpe do envelope vazio

PRF/Divulgação

Casal possuía várias passagens por estelionato e já havia feito outras vítimas nesta semana; caminhão recuperado será devolvido ao proprietário

Google News
Na noite da última quinta-feira, 11 de agosto, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou no Rio Grande do Sul um caminhão que havia sido trazido de Santa Catarina após compra fraudulenta e prendeu um casal. O flagrante foi registrado em Passo Fundo (RS).

No início da semana, a corporação já havia sido procurada por outro proprietário de caminhão que havia perdido o veículo de carga após cair no golpe do envelope vazio em Barra do Ribeiro (RS). Além de identificarem o suspeito de aplicar os golpes, os PRF's também constaram ainda que ele seguia cometendo crimes.


Já na tarde desta quinta-feira (11), o suspeito havia comprado um caminhão em Santa Catarina, e voltava para o Rio Grande do Sul com o veículo, um Mercedes-Benz emplacado em Bandeirante (SC), quando foi abordado em Passo Fundo. 

No momento da abordagem, o suspeito de 40 anos e com diversas passagens por tráfico de drogas, furto e estelionato, viajava acompanhado de uma mulher de 40 anos, natural de Duque de Caxias (RJ). Consultas aos sistemas informatizados, revelaram  que ambos foram presos juntos em maio deste ano por estelionato. Além disso, a mulher estava sendo procurada pela Justiça pelo mesmo crime. 

Os policiais fizeram contato com o dono do caminhão, que disse ter vendido o veículo por 100 mil reais e sido pago através de um depósito bancário. Alertado pelos PRFs, ele então checou com o banco e confirmou que o depósito não se confirmou pois foi feito com um envelope vazio.


Diante dos fatos, o casal foi preso e conduzido para a delegacia. O caminhão foi recolhido e será devolvido ao dono.

O golpe do envelope vazio
Segundo a PRF, o golpe do envelope vazio funciona da seguinte forma: O golpista compra um veículo e apresenta o comprovante de um depósito na conta da vítima. Algumas horas depois a vítima descobre que o pagamento não foi confirmado pois o envelope estava vazio.

Como não cair no golpe
A PRF recomenda que antes de transferir e entregar o veículo, o proprietário cheque se realmente o depósito foi confirmado. Além disso, todos os trâmites legais de compra e venda devem ser feitos através do aplicativo Carteira Digital de Trânsito ou junto ao Detran. 


Postar um comentário

0 Comentários