Brasil: Sobram vagas para motoristas no transporte rodoviário de cargas

Adobe Stock
Fretebras Post1

Pesquisa realizada pela CNT revela que mais de 60% das vagas estão disponíveis em transportadoras de grande porte; Regiões Sul e Sudeste concentram o maior número de oportunidades de emprego

Google News
Realidade incontestável na América do Norte e na Europa, a crescente falta de motoristas também vem se tornando um desafio preocupante no transporte rodoviário de cargas brasileiro. É o que aponta a mais recente Pesquisa CNT Perfil Empresarial, promovida pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada na última sexta-feira, 7 de abril.

De acordo com o levantamento, há vagas disponíveis para motoristas em 44,6% das empresas do Transporte Rodoviário de Cargas (TRC) que responderam à pesquisa. Além disso, 60,4% do total de vagas em aberto, encontram-se em transportadoras de grande porte, ou seja, com mais de 100 colaboradores. Ainda segundo a Pesquisa, 53,6% das transportaras afirmaram que possuem até 5 vagas em aberto para motoristas, já 5,3% das empresas participantes destacam que possuem mais de 20 postos de trabalho disponíveis para motoristas.

Fretebras Post2

A Pesquisa CNT Perfil Empresarial também releva que a maior parte das vagas disponíveis encontram-se nas regiões Sul e Sudeste. Destaque para o estado de Santa Catarina com 17,4% das oportunidades, São Paulo e Minas Gerais com 14,5% cada, Paraná com 14,01% das vagas e Rio Grande do Sul que concentra 10,1% do número de oportunidades de emprego como motorista.

Para 65,1% dos empresários do TRC ouvidos pela CNT, a atividade de motorista é o cargo com maior carência de profissionais atualmente no transporte brasileiro. Questionados sobre os fatores que dificultam a contratação de motoristas, 46,1% dos empresários destacaram a pouca experiência dos candidatos, 31,5% relataram a falta de profissionais com cursos ou treinamentos direcionados ao setor rodoviário de cargas, 30,8% afirmaram que há muitos profissionais sem qualificação e 20% lembraram da baixa atratividade da profissão.


Diante das estatísticas apresentadas pela Pesquisa CNT Perfil Empresarial, conclui-se que hoje sobram vagas para motoristas no transporte rodoviário de cargas brasileiro. Mas ao mesmo tempo, faltam profissionais qualificados, investimentos em formação, oportunidades para aqueles que desejam ingressar no setor e até mesmo maior valorização e remuneração daqueles que já exercem a profissão de motorista.

Confira na íntegra a Pesquisa CNT Perfil Empresarial: CLIQUE AQUI

Encontre vagas disponíveis para motoristas: CLIQUE AQUI


Postar um comentário

14 Comentários

  1. Desempregado há 3 meses e não consigo recolocação, tem algo errado aí.

    ResponderExcluir
  2. Tem tantas vagas,mas o que vejo são muitos profissionais em busca de emprego. Não muito breve,essas empresas estarão urrando sem motoristas.Aguardem.

    ResponderExcluir
  3. Se a classe receber o certo não faltara motorista infelizmente ...

    ResponderExcluir
  4. Primeiro eles não dão oportunidades e nem treinamento para motorista sem experiência, e a outra que so pega da região aonde a empresa esta situada mandar Curriculum ja não adianta mais,se não tiver quem indica .

    ResponderExcluir
  5. Espero que os jovens não caia nessa de querer dirigir um caminhão, pq empresa alguma da o valor q o profissional do volante merece.

    ResponderExcluir
  6. Eu ja até cansei d enviar currículo ninguém da uma oportunidade to desempregado ja uns dois anos

    ResponderExcluir
  7. Se continuar contratando motorista só com experiências vai continuar assim.

    ResponderExcluir
  8. E vai ficar com mais falta de motoristas sim ctz as empresas não da oportunidade pra quem quer ser carreteiro só pega quem tem experiência

    ResponderExcluir
  9. Tenho 51 anos não tenho doença experiência de 20 anos onibus 15 em viajem tenho CNH E e no Rio de Janeiro ninguém da oportunidade mem para treinamentos aí ficam com esta pesquisa

    ResponderExcluir
  10. Aonde q sobra vagas??? Não sobram vagas oq falta é oportunidade pra quem não tem experiência!!

    ResponderExcluir
  11. Tem que faltarmesmo eles ao invés de capacitar motoristas querem já capacitados,quem está empregado não sai de uma para entrar em outra,Que falta muito mas mesmo !!!

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho experiência mais não ta na minha carteira de trabalho já mandei vários currículo nunca foi contratado por não ta na carteira de trabalho

    ResponderExcluir
  13. Eu sou mortorista pro fisional a4 anos mas não tou em contrando em prego..ja fãs 8. Meia q.istou.a procurar

    ResponderExcluir
  14. Querem profissionais experientes oferecendo baixos salários. É a maldita ganância, só eles querem ganhar.

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, palavras de baixo calão, desrespeito ou ofensas não serão toleradas e autorizadas nos comentários.