Mercedes-Benz Vans apresenta nova linha Sprinter Street com motor mais potente e econômico

Mercedes-Benz/Divulgação

150 cv de potência, até 11% de economia de combustível, tecnologia de ponta e atendimento aos requisitos de emissões PROCONVE L7 estão entre os diferenciais da nova motorização

Google News
Em total sintonia com as novas exigências ambientais brasileiras, a Mercedes-Benz Vans acaba de apresentar ao país a nova linha Sprinter Street 315 CDI, equipada com o inédito  motor a diesel de quatro cilindros OM654. Totalmente nova em relação ao antecessor OM651, a nova motorização supera todos os requisitos de emissões PROCONVE L7, atingindo nota “A” do IBAMA. Destaca-se ainda a melhor performance operacional, principalmente em trechos urbanos e mistos, para entregas mais rápidas e seguras.

Além do menor índice de emissão de poluentes, o novo motor OM654 também entrega maior potência, prova disso são os 150 cv de potência (+5%) e torque de 34,7 kgfm (+3%), quando comparado com a motorização anterior. Outro grande diferencial está na redução de consumo de combustível de 6% em trechos urbanos e 11% em trechos rodoviários em relação a versão anteriores. Segundo a marca, esses dados são medidos conforme portaria do Inmetro, mas o consumo pode variar para mais ou para menos, dependendo das condições de uso, como a aplicação do veículo, rota, condição climática, velocidade de condução, combinação de carga e qualidade do combustível.


“Esse é um ano muito especial, pois completamos 25 anos de Sprinter no Brasil. Para celebrar esse marco histórico, temos uma novidade que só traz vantagens para o mercado brasileiro: a nova linha Street com o motor OM654, que oferece uma performance superior com mais economia. Essa é a combinação perfeita para um motor mais eficiente e robusto, proporcionando agilidade e conforto em todas as demandas dos clientes”, afirma Carlos Garcia, Presidente e CEO da Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

Tendo como premissas o melhor desempenho, maior silêncio e menores vibrações, a geração de motores OM654 foi desenvolvida com o que há de melhor em termos de tecnologia. Destaque para o bloco 100% em alumínio, combinado com pistões em aço com perfil escalonado, além do revestimento da parede do cilindro NANOSLIDE®, atributos que reduzem consideravelmente o atrito do motor.


A lista de novidades da motorização ainda é complementada pela recirculação dinâmica dos gases de escape por diferentes vias e o pós-tratamento, contribuindo para menores taxas de emissões. Além disso, a transmissão manual de 6 velocidades, já conhecida do mercado por sua robustez, permanece inalterada em toda a linha Sprinter.

Mercedes-Benz/Divulgação
Preços
Prevista para chegar em todos os concessionários da marca em maio, a nova linha Sprinter Street terá preço público sugerido a partir de R$ 239.600,00 para os modelos Sprinter Truck e a partir de R$ 249.000,00 para os veículos Furgões.


25 anos de Sprinter no Brasil
Em agosto, a Sprinter completará 25 anos de história e sucesso no mercado brasileiro. Com mais de 150 mil unidades vendidas em todo país e atualmente na terceira geração, a linha se consolida no Brasil por meio da grande oferta de soluções de mobilidade para pessoas e cargas.

A Sprinter estreou em 1995 na Alemanha e fez parte de um marco histórico da marca ao ser o primeiro veículo de transporte da Mercedes-Benz a receber oficialmente um nome próprio e, hoje, essa designação representa uma categoria inteira de veículos. No Brasil, a linha foi apresentada em 1997, com opções de vans de passageiros, furgões e chassis para transporte de carga, distribuição urbana e prestação de serviços. 


Revelada ao país no final de 2019, a atual geração da linha Sprinter se destaca pelo maior valor agregado aos clientes em tecnologia, interatividade, segurança, conforto e performance. Destaca-se ainda o melhor custo/benefício da categoria e um portfólio com 87 configurações, contando com uma ampla rede de concessionários e serviços qualificados de Pós-Venda para atender as demandas dos clientes.

Mercedes-Benz/Divulgação

Mercedes-Benz/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários