Preço médio do diesel sobe 7,2% nas primeiras semanas de novembro

IVECO/Divulgação

Na comparação com novembro de 2020, o aumento no valor do combustível atinge a expressiva marca de 49%

Mantendo a tendência de alta, o preço médio nacional do diesel comum e S-10 iniciou o mês de novembro registrando um aumento de 7,4%, atingindo a casa de R$ 5,602. Já o diesel S-10 teve alta de 6,9%, sendo vendido na faixa de R$ 5,672. Quando a média é comparada com o valor do fechamento de novembro de 2020, o aumento chega a 49%. Os dados são do mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

A elevação de preços nas primeiras semanas de novembro foi registrada em todas as regiões brasileiras. Segundo o IPTL, o diesel comum teve alta mais expressiva na região Sul, com 8,22%. Já o S-10 teve o maior aumento na região Centro-Oeste, com 7,60%. Assim como no mês anterior, outubro, a região Norte segue registrando os preços médios mais elevados, sendo, o diesel comum a R$ 5,802, e o S-10 a R$ 5,878. Já os valores mais baixos por litro foram encontrados novamente na região Sul, sendo, o tipo comum comercializado a R$ 5,202 e o tipo S-10, a R$ 5,250.


“Nenhuma região do Brasil teve redução no preço do diesel, tanto no tipo comum como no S-10, segundo o Índice de Preços Ticket Log. Os preços mais vantajosos foram encontrados na região Sul e Norte do país”, explica Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Considerando cada estado separadamente, o Acre segue no topo do ranking nacional do diesel comum e tipo S-10 mais caros, comercializados a R$ 6,280 e R$ 6,275 respectivamente. Assim como no mês de outubro, o Paraná continua com os menores valores registrados pelos postos, a R$ 5,119 o tipo comum, e R$ 5,177 o S-10. Já o Distrito Federal registrou o maior aumento no diesel, de 9,63%, passando de R$ 5,274 para 5,782.


Postar um comentário

0 Comentários