Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

Mercedes-Benz e Bosch dão início às obras do Centro de Testes Veiculares de Iracemápolis

Mercedes-Benz/Divulgação

Unidade terá pistas para desenvolvimento de segurança veicular, eficiência energética e novas tecnologias de assistência ao condutor

Em agosto, as obras do Centro de Testes Veiculares de Iracemápolis (CTVI), no interior paulista, tiveram início, dando sequência à parceria firmada entre a Mercedes-Benz e a Bosch. Serão aproximadamente 150 colaboradores e grandes empresas do setor de infraestrutura trabalhando nesse empreendimento nos próximos meses. Este é um marco de expansão do Campo de Provas da Mercedes-Benz do Brasil, o maior do Hemisfério Sul e o mais avançado e tecnológico do País no setor de veículos comerciais. Com a ampliação, além de testes para caminhões e ônibus, já disponíveis, também serão oferecidos, para empresas terceiras, testes para automóveis, comerciais leves e máquinas agrícolas.

Diante dos desafios imprevistos trazidos pela pandemia da COVID-19, a previsão é de que o CTVI esteja pronto para dar início às suas atividades no primeiro semestre de 2022, resultado de um investimento total de R$ 94 milhões.

Esse novo Centro de Testes, quando finalizado, contemplará pistas para avaliações de segurança veicular, eficiência energética e novas tecnologias de assistência ao condutor, e será oferecido também para outros fabricantes de veículos, sistemistas, autopeças e demais empresas e públicos do setor automotivo realizarem seus testes. Neste contexto, serão disponibilizados boxes de oficina de protótipos e escritórios individuais, a fim de assegurar privacidade e confidencialidade para todos os usuários e projetos.

“Ao disponibilizar essa nova estrutura para outras empresas do setor automotivo, contribuímos para o desenvolvimento da indústria automotiva brasileira. Com o importante diferencial de que toda a estrutura estará concentrada em um único local, otimizando processos e assegurando ganhos de eficiência, agilidade e produtividade, com segurança e confiabilidade”, destaca Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.


CTVI amplia a gama de testes veiculares no Brasil
O CTVI ampliará a gama de testes veiculares no Brasil, acelerando o desenvolvimento de produtos e tecnologias por meio de uma estrutura similar às existentes em países como Alemanha, Estados Unidos, China e Japão. Entre os testes, destacam-se ensaios para desenvolvimento de sistemas de segurança veicular e controle de chassi, como Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP®), Frenagem Automática de Emergência, proteção de pedestres e ciclistas (AEB) e Sistemas Avançados de Assistência ao Condutor (ADAS), além de eficiência energética e de condução autônoma e semiautônoma.

Atualmente, em um terreno de 1,3 milhão de metros quadrados, o Campo de Provas da Mercedes-Benz dispõe de 17 pistas, numa extensão total de 12 quilômetros: são 14 pistas para verificação de durabilidade estrutural, uma de acústica, um circuito em asfalto para avaliação de conforto térmico e uma pista de terra.

O CTVI agregará mais cinco complexos, ocupando 400 mil metros quadrados, elevando, assim, para 22 o número de pistas em Iracemápolis. Isso inclui um circuito oval com aproximadamente 2,6 km, três faixas de rolagem, uma faixa de acostamento e curvas compensadas para altas velocidades, um VDA (Vehicle Dynamic Area) com diâmetro de 220 m para avaliação dinâmica, pistas de baixo e médio atrito, circuito de Handling com 1,6 km e níveis de elevação variados para ensaios de dirigibilidade e sete pistas de conforto com diferentes perfis de eventos.

O espaço contará ainda com boxes de oficina e escritórios individualizados, além de estacionamento para protótipos confidenciais de veículos em desenvolvimento, que também estará à disposição do mercado para locação. “O CTVI nasce com um forte propósito de oferecer sua moderna e completa infraestrutura a todas as empresas do setor automotivo. A busca pelo Centro de Testes tem se intensificado e já mantemos conversas com diversos interessados”, reforça Andreas Hueller, gestor da Construção e Operação do CTVI.


Preparando o mercado brasileiro para veículos e tecnologias do futuro
“Esse empreendimento está diretamente alinhado ao nosso objetivo estratégico de local for local, ou seja, ter centros de competência locais para atendimento das demandas de nossos clientes”, destaca Besaliel Botelho, presidente da Robert Bosch América Latina. “Há muito tempo, a Bosch vem sentindo a necessidade de investir em uma área onde fosse possível testar e validar sistemas de segurança, assistência ao condutor e eficiência energética que já estão disponíveis no mercado nacional, bem como aqueles que virão por conta do Rota 2030 ou que serão demandados pelas legislações futuras. Depois de estudar diferentes possibilidades, encontramos na Mercedes-Benz a parceira ideal para esse projeto e juntos construiremos um Centro de Testes Veiculares que beneficiará toda a cadeia automotiva na América Latina”, conclui o executivo.

Para Karl Deppen, Mercedes-Benz e Bosch investem juntas no futuro e permanecerão lado a lado dos clientes, do mercado e do País. “No horizonte da nossa parceria, visamos os veículos semiautônomos e autônomos, híbridos e elétricos, todos conectados, digitais e compartilhando informações que visam trazer mais segurança e conforto aos motoristas e passageiros. Nesse sentido, o CTVI é mais um marco da Mercedes-Benz do Brasil no desenvolvimento de veículos cada vez mais seguros e inteligentes, em linha com o nosso compromisso com o ecossistema do transporte responsável. Com essa parceria, reforçamos a confiança de nossas Empresas no País e no potencial dos mercados interno e externo”.


Campo de Provas da Mercedes-Benz supera a marca de 70 locações da pista de acústica
Inaugurado em maio de 2018 em Iracemápolis, o Campo de Provas da Mercedes-Benz do Brasil alcançou um importante resultado no final do 1º semestre deste ano. Mesmo em cenário da pandemia da COVID-19, já foram registradas ali mais de 70 locações da Pista de Acústica desde abril de 2019, quando foi realizada a primeira locação. Este volume envolve mais de 330 testes para quase 30 marcas do setor automobilístico.

“A qualidade das nossas pistas e a compatibilidade com rigorosos padrões nacionais e internacionais de normatização, como a ISO10844:2014 de avaliação acústica, despertam o interesse das fabricantes do setor automotivo para o desenvolvimento de componentes e a homologação de veículos”, afirma Karl Deppen.

De acordo com o executivo, o processo é otimizado a cada nova locação, trazendo agilidade para os clientes. “Isso será essencial para o momento em que inaugurarmos o CTVI com a Bosch, o que irá ampliar o portfólio de testes à disposição do mercado”.

A Pista de Acústica é utilizada para desenvolvimento e homologação em ensaios de ruído de passagem de veículos automotores (motocicletas, carros de passeio, vans, caminhões e ônibus). Possui certificação internacional ISO 10844:2014, que garante as características construtivas e dimensionais de parâmetros físicos como textura, irregularidades transversais e longitudinais, coeficiente de absorção acústica, entre outros. Dessa forma, atende ao mais atual requisito prescrito pela ECE R51.03 e reconhecido pelo IBAMA, em alinhamento com as resoluções CONAMA.

O Campo de Provas conta também com uma Pista de Terra para verificar efeitos de poeira e lama em aspectos como peso extra e penetração de impurezas, além de teste de filtro de ar, estanqueidade e vedações em geral. A Pista de Acústica, assim como a Pista de Terra, podem ser utilizadas, por meio de locação, para experimentos de qualquer fabricante de veículos automotores ou componentes para o mercado brasileiro e demais países.

A locação de pistas reforça ainda mais o posicionamento do Campo de Provas da Mercedes-Benz do Brasil como o maior do Hemisfério Sul e o mais avançado e tecnológico do País no segmento de veículos comerciais. Como marco histórico de desenvolvimento, o local abrigou diversos testes com o Novo Actros, o caminhão mais inteligente, eficiente, conectado e seguro do Brasil, que começou a ser entregue a clientes no País em 2020. Aliás, o lançamento dessa nova família de caminhões extrapesados da marca foi realizado no próprio Campo de Provas de Iracemápolis.

FONTE: Mercedes-Benz

Postar um comentário

0 Comentários