IVECO A gente nao para

Vendas de caminhões zero km crescem 10% em agosto

Scania Seminovos

Crescimento nas vendas é confirmado em balanço oficial da FENABRAVE

Mantendo o ritmo de recuperação, impulsionado especialmente pela oferta de crédito, o mercado brasileiro de caminhões encerrou o mês de agosto registrando um novo crescimento no número de emplacamentos em todo o país.

De acordo com o balanço oficial da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE),  de janeiro a agosto deste ano, 82.189 caminhões foram emplacados em todo o Brasil, crescimento 48,99% em relação ao mesmo período de 2020, quando 55.163 unidades foram comercializadas.


Considerando apenas o mês de agosto, quando 12.658 caminhões foram emplacados, o mercado registrou alta de 10,18% em relação ao mês anterior, julho, quando 11.488 modelos foram comercializados. Já em relação a agosto de 2020, quando 8.073 caminhões foram vendidos, o mercado registrou alta de 56,79%.

"A alta demanda e a recuperação das vendas são consequência, principalmente, do agronegócio", explica Alarico Assumpção Júnior, presidente da FENABRAVE. "Com relação ao crédito, a cada 10 propostas enviadas aos bancos, 8,6 são aprovadas" conclui.

Pesados em destaque
Assim como nos meses anteriores, o segmento de caminhões pesados segue na liderança do mercado brasileiro. De acordo com os dados da Fenabrave, de janeiro a agosto de 2021, a categoria acumulou 51,47% das vendas.

Confira na íntegra os números da Fenabrave: CLIQUE AQUI


Postar um comentário

0 Comentários