IVECO A gente nao para

Preço médio do diesel encerra mês de agosto registrando mais um aumento

IVECO/Divulgação

Cenário de aumentos mês a mês se mantém desde o início de 2021; preço médio do litro de diesel comum já supera os R$ 4,80 enquanto S-10 já se aproxima de R$ 4,90

Assim como vem ocorrendo desde o início deste ano, o preço médio do óleo diesel encerrou o mês de agosto registrando um novo aumento. De acordo com o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o tipo comum do combustível registrou alta de 0,64% em comparação a julho, sendo comercializado a R$ 4,834. Já o diesel S-10 teve um aumento médio de 0,58%, vendido a R$ 4,888.

“Como já era previsto, mais um período se encerra com alta para o diesel, e no caso do comum, quando comparamos a média do mês de agosto, com o menor valor registrado no ano, que foi em janeiro, com o litro a R$ 3,93, a diferença chega a 23%”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Também de acordo com o IPTL, em todas as regiões brasileiras, tanto o diesel comum quanto o tipo S-10 apresentaram aumentos no preço médio no fechamento do mês. Assim como na primeira quinzena de agosto, as altas mais significativas foram registradas no Nordeste, sendo, de 0,85% para o tipo comum, e 0,68% para o S-10.


A Região Norte segue liderando o ranking dos preços médios mais altos, com o diesel comum a R$ 5,039, e o diesel S-10, a R$ 5,104. Enquanto no Sul, foram registrados os valores mais baixos por litro: o tipo comum foi comercializado a R$ 4,467, e o tipo S-10, a R$ 4,498.

Já no recorte por estados, O diesel comum mais caro do País segue sendo encontrado no Acre, a R$ 5,746, avanço de 0,47% no comparativo com julho. Já o preço médio mais baixo foi registrado nos postos localizados no Paraná, sendo R$ 4,394. O cenário é o mesmo para o diesel S-10, comercializado nos postos acreanos a R$ 5,705, e nos postos paranaenses, a R$ 4,424.

O levantamento realizado pelo IPTL revelou ainda que os maiores aumentos dos preços médios foram registrados no Sergipe, sendo, de 2,54% para o diesel comum, e de 1,43% para o tipo S-10. Na contramão deste cenário desafiador, o Rio Grande do Norte apresentou recuo no valor médio, sendo de 0,48% para o tipo comum, e 0,49%, para o tipo S-10, na comparação com o fechamento de julho.


Postar um comentário

0 Comentários