IVECO A gente nao para

CNH Industrial exporta seu-100.000º motor da fabrica da FPT na Argentina

FPT Industrial/Divulgação

Conquista chega em um ano que também será lembrado por ter atingido o maior volume de produção de sua história

Inovação, sustentabilidade e tecnologia avançada são pilares da FPT Industrial, marca da CNH Industrial. Tais atributos estão na origem do importante marco alcançado na fábrica de Córdoba, na Argentina, que fornece motores para os segmentos de transporte, agricultura e construção.

Embora a fábrica de máquinas agrícolas (Case IH e New Holland Agriculture) e de veículos comerciais (IVECO), que completam o Complexo Industrial da CNH Industrial no país vizinho, utilizem os motores produzidos pela FPT localmente, o foco da fábrica é exportação. Desta forma, 80% do que é produzido na Argentina é destinado a países como Brasil e México. Atingir 100.000 motores exportados foi possível graças à níveis recordes de produção alcançados pela unidade e representa um prêmio para toda a família CNH Industrial na Argentina.


“Este momento único confirma, mais uma vez, a excelência e a qualidade dos nossos motores, algo que só pode ser alcançado com uma equipe talentosa e competente e uma fábrica de última geração,” celebra Marco Rangel, presidente da FPT Industrial para a América do Sul.

Inaugurada em 2012, a fábrica de Córdoba possui um nível tecnológico único na Argentina, graças ao alto nível de treinamento e empenho dos profissionais da planta, aos 13 centros de usinagem e à contribuição de qualidade de fornecedores rigorosamente selecionados. O desempenho é orientado pelos critérios estabelecidos pelo World Class Manufacturing, um dos mais importantes padrões de qualidade e gestão na indústria de manufatura global, que impacta positivamente a eficiência da produção e o meio ambiente.

O ano de 2021 será lembrado pela empresa por mais esta conquista, embora outro número também fique gravado na história da CNH Industrial e da FPT Industrial: o recorde de produção. A empresa pretende chegar a 26 mil motores, volume equivalente a um aumento de 100% em relação ao ano passado e que supera categoricamente os volumes produzidos desde a inauguração da fábrica.


“Temos orgulho da conquista de nosso Pólo Industrial e também porque sabemos que os motores produzidos na Argentina serão os corações que movimentarão caminhões e máquinas no país e no mundo. Alcançar níveis de produção como os atuais, no contexto em que nos encontramos, sempre preservando os cuidados e a saúde de todos os envolvidos, demonstra o alto grau de compromisso da empresa”, reforça Marco Rangel.

Por trás destes valores existem outros números que permitem entender os resultados. Entre eles o aumento do número de colaboradores da fábrica, que registra um crescimento de 50% desde 2019 (pré-pandemia), e a abertura de um terceiro turno de produção para processos de usinagem. 

A fábrica da FPT Industrial em Córdoba produz duas famílias de motores para exportação: NEF e Cursor, cada uma com diversas configurações de aplicação. As Séries NEF 4, NEF 6, Cursor 9, Cursor 10, Cursor 11 e Cursor 13 equipam máquinas agrícolas. Os motores NEF, Cursor 9 e 13 fazem parte de veículos comerciais.

FONTE: FPT Industrial

Postar um comentário

0 Comentários