IVECO A gente nao para

Volkswagen vende 100 unidades da linha e-Delivery em apenas um mês

VWCO/Divulgação

Primeiro lote foi adquirido por clientes e rede de concessionários de todo o país

Em apenas quatro semanas desde o lançamento mundial, as 100 primeiras unidades dos inéditos caminhões Volkswagen e-Delivery 11 e 14 toneladas, já foram vendidas para clientes e rede de concessionários de todo o país. 100% desenvolvidos, testados e produzidos no Brasil, os caminhões elétricos da marca que compõe o Grupo TRATON são fabricados em Resende (RJ) em parceria com as empresas do Consórcio Modular, além disso, conta com serviços e consultoria especializada do e-Consórcio.

“Estamos muito satisfeitos com o entusiasmo do mercado brasileiro pelas novidades. As vendas recentes incluem os primeiros negócios com a Coca-Cola Femsa Brasil, de 20 unidades, e a JBS, que adquiriu seu primeiro caminhão elétrico VW. Outros cem e-Delivery previamente negociados serão entregues à Ambev até o final deste ano. Vale lembrar que a cervejaria manifestou a intenção de compra de 1.600 caminhões elétricos de nossa marca até o ano de 2025”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da montadora.

“Clientes e concessionários se entusiasmaram com a proposta, que une a mais moderna tecnologia de transporte a um completo ecossistema que garante recarga, assistência técnica e busca do melhor custo total de propriedade. Nossa rede já está sendo treinada para o pós-vendas dos e-Delivery em cidades como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Recife (PE), Cuiabá (MT) e Belém (PA)”, explica Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Serviços.


Sobre o VW e-Delivery
Inicialmente, o primeiro caminhão elétrico 100% brasileiro será comercializado em duas versões, uma de 11 toneladas (e-Delivery 11) e outra de 14 toneladas (e-Delivery 14) , mas ambas equipadas com um motor elétrico de 300 kw, o equivalente a 408 cv e impressionantes 2.150 Nm de torque desde a rotação zero. Todas as duas versões também trazem como itens de série, suspensão pneumática e novo acabamento interno.

A diferença entre versões está na tração e capacidade de carga. Enquanto o e-Delivery 11 é ofertado com tração 4x2, contando com peso bruto total (PBT) de 10.700 kg e capacidade de carga útil de 6.320 kg, o VW e-Delivery oferece tração 6x2, peso bruto total (PBT) de 14.300 kg e capacidade máxima de carga útil de 9.055 kg, a maior de sua categoria em elétricos do Brasil.

E para atender com precisão as necessidades de cada cliente e operações, ambas as versões do inédito Volkswagen e-Delivery serão ofertadas com duas opções de packs de bateria, a primeira com três packs e que garante uma autonomia de 110 km e a segunda com seis packs, ampliando a autonomia para até 250 km.

Em relação aos preços, a Volkswagen Caminhões e Ônibus estabeleceu para esse primeiro momento os seguintes preços: 

VW e-Delivery 11 4x2 (3 packs): R$ 780.000
VW e-Delivery 11 4x2 (6 packs): R$ 967.000
VW e-Delivery 14 6x2 (3 packs): R$ 795.000
VW e-Delivery 14 6x2 (6 packs): R$ 980.000


Postar um comentário

0 Comentários