Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

Tecnologia de gestão de pneus é fundamental no transporte de cargas do agronegócio

Maragoni/Divulgação

Milhares de toneladas de grãos são transportadas diariamente nas rodovias brasileiras e a gestão de pneus é uma peça-chave na hora de economizar com combustível e manutenção

Grande parte da produção agrícola do Brasil é transportada por rodovias. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o país teve uma safra recorde em 2020 com 254 milhões de toneladas, sendo 92,7% deste montante concentrado nas safras de arroz, milho e soja.

Uma pesquisa conduzida pela ESALQ-LOG – Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial/USP – e o USDA – United States Department of Agriculture – apontou que, em 2019, 69% da produção de milho e 67% da produção de soja foi transportada por rodovias, o que mostra a importância do setor de transporte de cargas e logística no Brasil.

Porém, não é barato manter uma operação de logística de transporte, especialmente no que diz respeito à manutenção da frota. A vida no “trecho” demanda de transportadoras e motoristas uma série de precauções que visam minimizar os riscos na estrada e reduzir os custos com as frotas.

Para mitigar essas demandas, é de extrema importância que as transportadoras busquem soluções que gerem economia. Um dos pontos mais delicados nessa equação é a gestão dos pneus das frotas.


Com as novas tecnologias de mercado, é possível aliar a gestão de uso ao controle de trocas de pneus, potencializando a vida útil e buscando soluções com melhor custo-benefício para a empresa e profissionais. Foi exatamente essa demanda que levou duas empresas especializadas no ramo de transporte a unirem esforços.

A Marangoni atua há mais de 50 anos, a nível mundial, no desenvolvimento e difusão de tecnologias, de materiais e serviços ligados à reconstrução de pneus. No final da década de 1990, a multinacional se instalou na cidade de Lagoa Santa, Minas Gerais, sua fábrica brasileira atualmente tem cerca de 10% do mercado brasileiro de reconstrução de pneus.

“Nós usamos aqui na Marangoni uma tecnologia própria para a reconstrução de pneus considerada top a nível mundial, chamada de Ringtread System. Isso garante a qualidade dos nossos produtos e a segurança necessária para os guerreiros do trecho”, diz Fabiano Santos, gerente de vendas da Marangoni.

Como a empresa sempre teve o desenvolvimento e a inovação como suas premissas, a Marangoni achou na Gestran, desenvolvedora de softwares para transportes, a parceria ideal para desenvolver um sistema de gestão de pneus com base em muita tecnologia: o Control Tyre.


A Gestran tem mais de 20 anos de mercado desenvolvendo ferramentas que conseguem automatizar e acelerar os processos diários das empresas de transporte de cargas e que possuem frotas, a partir de um ERP completo para transportadoras e vários softwares que permitem a gestão de combustível, manutenção e, claro, pneus.

Com o Control Tyre, é possível monitorar a “saúde” dos pneus da frota em tempo real, a partir de dashboards de acesso fácil e intuitivo. Dados como a cambagem, desgaste, tempo de duração e momento de troca são notificados e, com isso, a vida útil do equipamento é prolongada, gerando, obviamente, uma maior economia.

Isso faz também com que o cliente da Marangoni possa de antemão se programar para futuras trocas e já negociar com a empresa preços e demandas. Segundo Fabiano Santos, o que torna o Control Tyre atrativo e viável é justamente a facilidade e simplicidade de uso.

“Nós fechamos essa parceria com a Gestran porque, além da expertise deles de anos de mercado, a maneira como eles sempre ouvem nossas demandas, ajustam o sistema e capacitam a equipe é fantástica”, ressalta o diretor.

FONTE: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários