Caminhão de Bombeiros norte-americano desembarca no Brasil

Portos do Paraná

Gigante norte-americano fará parte do 6.º Grupamento do Corpo de Bombeiros de São José dos Pinhais (PR)

Nesta semana, o Porto de Paranaguá foi novamente a porta de entrada de um novo gigante e icônico modelo norte-americano, um caminhão de Bombeiros zero quilômetro importado pelo 6.º Grupamento do Corpo de Bombeiros de São José dos Pinhais (PR). O primeiro exemplar do Paraná, é resultado de um alinhamento em a Corporação e a Prefeitura do Município.

"É um processo de três anos, não são três dias. Então foi um trabalho juntamente com o Comando e seus Agrupamentos de Bombeiros e de alinhamento com a Prefeitura de São José dos Pinhais", destaca Felipe Molleta, Capitão do 6.º Grupamento do Corpo de Bombeiros de São José dos Pinhais (PR). "Esse caminhão foi adquirido com um fundo municipal, que é o fundo de prevenção e atendimento a sinistros e que é uma verba carimbada para utilização do Corpo de Bombeiros", completa.

Diferente de tudo que estamos acostumados ver diariamente nas operações de combate a incêndio no Brasil, o modelo do tipo Spartan S-180 traz um consigo uma série de recursos que elevam os padrões das operações de combate a incêndios e garantem a máxima segurança aos tripulantes. "É um caminhão que foi planejado, projetado e executado por uma única fábrica. Ele foi feito desde a parte de chassi, motorização até a parte de implementação, tudo pensado para a atividade do Bombeiro", afirma Molleta.


Além dos 450 cavalos de potência, o gigante norte-americano traz como diferenciais, cabine dupla reforçada contra impactos e com capacidade para seis ocupantes, incluindo o motorista, conjunto completo de airbags para todos os ocupantes, inclusive de cortinas e para joelhos, sistema de controle de tração, controle de estabilidade, tanque com capacidade para 3.900 litros, entre outros recursos.

O Spartan S-180 conta ainda com um inédito sistema de combate a incêndio por meio da utilização de espuma e ar pressurizado. "Ele otimiza muito as operações. E é um muito ponto importante em relação a sustentabilidade. Ele gasta em torno de 10 vezes menos água que um caminhão comum que temos", completa Molleta.

Já a exclusividade do modelo é completada ainda por uma plaqueta personalizada na parte interna da porta do motorista.


FOTOS: Portos do Paraná 
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários