Randon Implementos exporta semirreboques para o Senegal pela primeira vez

Samuel Zulianelo/Randon

Movimento acompanha a retomada dos negócios da companhia com os mercados do continente africano em 2021

A Randon Implementos acaba de conquistar mais um mercado no continente africano. Neste mês, a implementadora gaúcha realizou a primeira exportação de semirreboques do modelo Plataforma para o Senegal. Outras unidades dos modelos Tanque e Basculante, também estão previstas para serem embarcadas no próximo mês.

De acordo com a própria Randon Implementos, o movimento vai de encontro com a retomada dos negócios da empresa no continente africano em 2021. Além da exportação ao Senegal, a implementadora retomou as operações no Quênia, onde a companhia mantém parceria para uma unidade de montagem CKD (Completely Knocked Down), de componentes de semirreboques exportados desmontados do Brasil.

“São movimentos que reforçam a nossa estratégia contínua de presença internacional da companhia. Estamos conseguindo reverter uma tendência, dos últimos anos, de diminuição dos volumes de exportação de semirreboques para o mercado africano, em razão do cenário econômico vivido naqueles países. Nossas equipes estão atuando fortemente na prospecção de novos clientes e abertura de oportunidades, em países como Quênia, Costa do Marfim, Nigéria, e agora, o Senegal. Isso reforça”, destaca o diretor geral da Randon Implementos, Sandro Trentin.


Hoje a Randon Implementos se consagra como a maior exportadora do segmento, graças a uma participação expressiva de 70% e 50 anos de empresa no mercado internacional. Ao longo dessas cinco décadas, a empresa gaúcha já foi responsável pela comercialização de mais de 70 mil unidades no exterior. Somente para a África, aproximadamente 20 mil implementos já foram exportados.

Atualmente, países como a Angola, Congo, Costa do Marfim, Moçambique e Gana, se consagram como os principais mercados compradores de produtos exportados de forma completa pela Randon, através modelo conhecido pela sigla CBU (Completely Built Up). Além disso, a empresa também mantém parcerias estratégicas com unidades de montagem CKD na Argélia, Costa do Marfim, Egito e Etiópia.


Postar um comentário

0 Comentários