Publicidade

PRF intensifica fiscalização de caminhões com foco na segurança viária na Bahia

PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal na Bahia realizou um comando específico de fiscalização a veículos de carga. As ações aconteceram na terça-feira (09) e abrangeram todas as regiões do estado. A Lei do Descanso e equipamentos obrigatórios estiveram entre os itens analisados.

Em virtude do tamanho dos veículos e do peso relacionado às cargas transportadas por eles, os acidentes que envolvem veículos de carga geralmente têm maiores proporções e geram maior gravidade das lesões ou a morte dos envolvidos, o que faz com que haja uma maior preocupação com o estado de conservação destes veículos.

Atento a esta situação a PRF intensificou ações preventivas com foco na segurança viária para coibir possíveis irregularidades de trânsito e também prevenir acidentes.

A instituição conta com efetivo especializado e nas atividades foram empregados também policiais do Grupo de Fiscalização de Trânsito (GFT), com vasto conhecimento da legislação e de equipamentos contemporâneos utilizados para a fiscalização.

Os comandos tiveram como foco comprovação obrigatória do horário de descanso. Em regra geral conforme legislação em vigor, esse profissional precisar obedecer o período de descanso de 11 horas nas últimas 24 horas, sendo que nesse período, 08 horas devem ser ininterruptas. (11 horas de descanso para cada jornada de 24 horas).


Também fizeram parte das fiscalizações o correto funcionamento dos sistemas de iluminação e sinalização dos veículos, de vital importância na manutenção da segurança viária e, consequentemente, na redução de acidentes e de vítimas.

Durante as abordagens foram verificados o correto funcionamento do sistema de freios, o estado de conservação dos pneus e demais equipamentos obrigatórios, as condições de amarração das cargas e o cumprimento do tempo de direção do motorista profissional pelos condutores. Também foram fiscalizados os equipamentos de uso obrigatório, em especial: faixas refletivas, sistema de freios, condições dos pneus e as condições de amarração das cargas.

No decorrer da operação, 271 veículos com abordagem foram consultados nos sistemas informatizados da polícia. A PRF emitiu 219 autos de infração por irregularidades às normas que regulamentam o transporte de produtos perigosos. Os veículos autuados (multados), dependendo do caso, são retidos até a regularização.

Foram retirados de circulação 70 comprimidos de ‘rebite’. Esse medicamento é um estimulante para o sistema nervoso central que atua na aceleração das funções cerebrais e causa a falsa impressão de diminuição da fadiga, muitos motoristas profissionais o utilizam com o intuito de dirigir por mais tempo na estrada, desrespeitando a Lei do Descanso, colocando em risco o próprio condutor e também os usuários das rodovias federais.

FONTE: PRF

Postar um comentário

0 Comentários