Publicidade

Grupo RISA emprega 50 caminhões Mercedes-Benz Actros no início da colheita de soja

Mercedes-Benz/Divulgação
O Grupo RISA, maior empresa do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil, passou a contar neste mês com um importante reforço no início da colheita de soja no estado do Piauí. Combinados com tritrens, 50 unidades da família Mercedes-Benz Actros foram escolhidos pela empresa para atuarem no escoamento de grãos.

“A Linha Actros foi escolhida para as nossas operações porque nos oferece força, baixo consumo de combustível e conforto para os motoristas com a cabina Leito Teto Alto, além da manutenção, que é fácil”, ressalta Anderson Gorgen, diretor comercial do Grupo RISA. “O 2651 transporta 50 toneladas de soja por viagem com o tritrem, operando tanto na fazenda, quanto na estrada, porque a composição de 9 eixos e 74 toneladas de PBTC, com 26 metros de comprimento, atende à Lei da Balança”.

O extrapesado Actros 2651 6x4 é a versão escolhida pela RISA para o transporte de grãos e outros produtos da empresa, como fertilizantes, adubos e defensores agrícolas. Os primeiros 120 Actros 2651 entraram em operação em 2018, aos quais foram somadas 50 unidades no final de 2020, além de um Novo Actros 2651. Com isso, cerca de 80% da frota de caminhões 9 eixos da empresa são da marca Mercedes-Benz, operando com tritrens e também rodotrens.

“O sucesso do Actros e do Novo Actros nos tritrens da RISA reafirmam, mais uma vez, a versatilidade desse nosso extrapesado como um mix road, que opera com a mesma eficiência, economia e produtividade nas rodovias e nos trechos não pavimentados dentro das áreas de produção no campo”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “O rigor da RISA com as operações de transporte e logística no escoamento de grãos, o que faz dela uma gigante do setor no País e líder do Norte e Nordeste, aumenta ainda mais a credibilidade dessa solução da nossa marca para o agronegócio”.

Segundo a empresa, no pico da colheita, juntos os caminhões devem realizar 100 viagens durante 24 horas, transportando assim 5.000 toneladas em apenas um dia, entre os pontos de colheita no campo e armazéns, com as distâncias variando de 5 a 30 km.


Aquisição recente
Na recente negociação com a RISA, conduzida pelos concessionários Mardisa de São Luís (MA) e Teresina (PI), além dos 50 Actros 2651, o cliente também adquiriu mais 13 caminhões da marca: o primeiro Novo Actros da frota da empresa, 3 extrapesados Axor 3131 6x4 para operações fora de estrada nas fazendas, transportando grãos, fertilizantes e defensivos; 6 semipesados Atego 2426 6x2 e 3 médios Atego 1419 para apoio no campo.

“Nossa expectativa é que o Novo Actros nos traga ainda mais economia no consumo de combustível, o que mostra que a Mercedes-Benz vem atendendo cada vez mais às demandas dos transportadores”, afirma José Antônio Gorgen, diretor presidente do Grupo RISA. “Aliás, os caminhões da marca estão melhores a cada dia porque estão ouvindo mais o cliente. O Actros foi ‘abrasileirado’ de acordo com nosso perfil de transporte. A opção de suspensão metálica e freios a tambor, por exemplo, aumentou a robustez do caminhão, tornando-o mais adequado às condições das nossas estradas”. 

José Antônio Gorgen ressalta ainda que a RISA tem uma tradição de fidelidade às parcerias e que isso vem crescendo com a Mercedes-Benz. “Para toda a nossa frota de caminhões contratamos Planos de Manutenção da marca com duração de cinco anos. O ótimo relacionamento com a Fábrica e o excelente atendimento e assistência oferecidos pela Mardisa reforçam essa parceria”.


Mercedes-Benz/Divulgação
Sobre os tritrens
Destinados ao transporte de soja, milho e sorgo, os tritrens são uma multicomposição idealizada pela RISA e desenvolvida em conjunto com a Librelato Implementos Rodoviários. Graças ao sistema de basculamento lateral, presente nas três carretas que compõem cada conjunto, os tritrens se destacam pela rapidez no descarregamento de grãos e de fertilizantes, aumentando a produtividade no escoamento da produção agrícola.

De acordo com a RISA, o tritrem tem as mesmas dimensões e capacidade de um rodotrem, com 26 metros de comprimento, 9 eixos e 74 toneladas de PBTC – Peso Bruto Total Combinado. O diferencial são as três carretas, num conjunto que atende plenamente à legislação do setor.


Com informações: Mercedes-Benz

Postar um comentário

0 Comentários