Publicidade

Bandag lança banda B269 para o segmento rodoviário regional

Bandag/Divulgação
Há mais de 30 anos no mercado, a Bandag, empresa pertencente à Bridgestone dedicada à pesquisa, desenvolvimento e manufatura de bandas de rodagem, segue inovando em seus produtos e lançou no mercado brasileiro a banda B269, para o segmento rodoviário regional.

A nova banda é a emulação do último lançamento da Bridgestone, o pneu R269, e se destaca pelo excelente desempenho quilométrico. Com ejetor de pedras no fundo dos sulcos e desenho inovador, prolongando a vida útil da carcaça, a banda foi desenvolvida com um composto que garante mais leveza, e ombros arredondados, que minimizam os efeitos do arraste lateral do pneu recapado. A B269 é indicada para todas as posições de ônibus e caminhões, em pisos pavimentados de média e longa distância.

“A nova banda B269 e o pneu R269 fazem parte da proposta da Bridgestone de entregar uma solução completa ao nosso cliente e se destacam pelo excelente resultado no custo por quilômetro”, comenta Gonzalo Muzzupappa, Gerente de Marketing da Bridgestone Latin America South para veículos comerciais. “Estamos sempre em busca de aprimorar e desenvolver novos produtos para contribuir com uma jornada segura e um bom retorno sobre o investimento para os caminhoneiros e a B269 é um excelente complemento ao nosso portfólio”, ele adiciona.


Apesar de se tratar de um produto emulação e entregar excelente desempenho em conjunto com o pneu original, a nova banda também pode ser aplicada à carcaça de outros modelos de pneus. A B269 está disponível nas medidas 230, 240, 250 e 260 mm e, em breve, na medida 220 mm. 

Benefício para o caminhoneiro e o meio ambiente
A recapagem é um processo de reciclagem, que aumenta a vida útil da carcaça do pneu. Este processo contribui para um menor custo por quilômetro para o caminhoneiro, que capitaliza todo o potencial do seu investimento e, ainda, evita que milhões de pneus sejam descartados incorretamente, antes do tempo necessário.

FONTE: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários