Produção de caminhões cresce 7% em agosto

VWCO/Divulgação
Mantendo o ritmo de recuperação dos efeitos da pandemia de Covid-19 (Coronavírus), a produção brasileira de caminhões encerrou o mês de agosto registrando um novo crescimento.

De acordo com o balanço oficial da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), 7,3 mil caminhões foram produzidos no Brasil ao longo do mês de agosto, crescimento de 7,3% em relação a julho, quando foram produzidos 6,8 mil unidades. 

Entretanto, no comparativo com agosto de 2019, quando foram produzidas 10,7 mil unidades, a indústria brasileira registrou um recuo de 31,8% na produção de caminhões.


No acumulado de janeiro a agosto de 2020 foram produzidos 48,9 mil caminhões em todo o país, queda de 36,6% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram produzidos 77 mil caminhões.

“Se antes da pandemia nós já alertávamos para a falta de competitividade do nosso país, agora a situação é ainda mais urgente. O mercado global de veículos deve encolher de 91 milhões de unidades em 2019 para menos de 75 milhões em 2020, gerando uma ociosidade inédita na indústria global. Só atacando as causas do Custo Brasil é que teremos condições de evitar um encolhimento do setor automotivo brasileiro", alerta Luiz Carlos Moraes. Presidente da Anfavea.

Confira na íntegra os números da Anfavea: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários