PRF recupera caminhão roubado na BR-040

Agência PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um caminhão na noite desta terça-feira (14/07) no km 606, da BR 040, em Congonhas (MG). A a equipe PRF encontrava-se de plantão, quando compareceu ao posto um homem de 48 anos, proprietário do veículo, informando que teve o caminhão furtado em seu depósito de areia em Conselheiro Lafaiete por volta das 22h00.

Segundo o homem, ele teria recebido um telefonema e saiu de casa com intuito de ir até a empresa para verificar a situação e registrar queixa do furto. Assim, ao acessar a BR 040, próximo ao Km 613, avistou o veículo, seguindo sentido Congonhas/Belo Horizonte.

Desta forma, realizou a ultrapassagem e parou no Posto PRF de Congonhas, solicitando auxílio à equipe de plantão para que abordasse o caminhão dele. Com isso, os policiais deram ordem de parada ao motorista que não obedeceu e fugiu.

Os agentes realizaram acompanhamento tático ao caminhão e, próximo ao km 605, o motorista perdeu o controle direcional do veículo e saiu da pista, parando sobre a faixa de domínio. O condutor, um homem de 46 anos, tentou fugir por uma mata, mas foi contido pela equipe PRF e recebeu voz de prisão em flagrante pelo crime de furto de veículo.


Ele alegou que recebeu o veículo de outro homem, às margens da BR-040 e não deu mais detalhes. O homem informou apenas que receberia R$ 250 após entregar o veículo na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Após buscas no veículo, foram encontradas duas chaves de boca, um comprovante de pagamento de lanche em estabelecimento comercial próximo ao local onde o veículo foi furtado. No interior do caminhão, ainda foi encontrado um alicate de corte, tamanho grande, provavelmente utilizado para o arrombamento da empresa.

O autor declarou ser portador de COVID19, porém sem qualquer comprovação e uso de máscara. Mesmo assim, todas as medidas de segurança foram adotadas a fim de evitar o contágio

O conduzido, materiais encontrados, veículo e proprietário foram encaminhados à Polícia Civil de Conselheiro Lafaiete. O suspeito responde a inquéritos por porte ilegal de armas, sequestro e cárcere privado, receptação, além de tráfico de entorpecente. O flagrante de furto foi ratificado pela delegada de plantão.
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

0 Comentários