Mineração argentina adquire 22 caminhões Scania XT Heavy Tipper

Scania/Divulgação
Batizada de XT, a linha de caminhões off-road da nova geração Scania, segue conquistando um significativo espaço na mineração argentina. Prova disso, é o lote de 22 caminhões Scania XT Heavy Tipper, entregue à Mina Pirquitas SA.

As 22 unidades do modelo G 440 8x4 XT Heavy Tipper irão operar sob condições extremas que incluem, 4.000 metros de altitude e turnos triplos de 20 horas por dia no transporte de minério em uma rota de aproximadamente 40 quilômetros, entre a mina de Chinchilas e o local de processamento em Pirquitas.

De acordo com a Mina Pirquitas SA, além da robustez, a capacidade de carga dos caminhões Scania G 440 8x4 XT Heavy Tipper foi um fator decisivo para a compra. Os modelos escolhidos pela empresa são capazes de transportar até 47 toneladas.

“Nota-se que esta é uma operação em que a Scania Argentina competiu não apenas contra outras marcas de caminhões, mas também com máquinas da linha amarela. Os caminhões Scania XT Heavy Tipper foram aprovados em todos os testes, alcançando uma economia de combustível na ordem de 30%, maior tonelagem transportada e uma redução no custo total de operação de 20% ”, disse Ramiro Patron Uriburu, gerente da Região Noroeste da Scania Argentina.


"Estamos orgulhosos de poder oferecer a nossos clientes a gama mais eficiente de veículos para aplicações severas do mercado", disse Fernando Ríos, diretor de vendas da Scania Argentina.

A compra realizada pela mineradora Argentina não se resume apenas aos caminhões, mas também a um portfólio completo de serviços. Destaque para a instalação de uma oficina Scania na própria mina, uma van para suporte e manutenção permanente dos modelos e a presença de 4 técnicos da montadora sueca.

Os 22 modelos Heavy Tipper acompanham ainda os serviços de treinamento de motoristas, oferecidos pelo Scania Driver Services e uma solução completa de conectividade e gerenciamento através Scania Site Optimization.


Scania/Divulgação
TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários